O Debate sobre a Pós-Modernidade: uma Revisão Orientada pelos Interesses das Indústrias Culturais

Ada Cristina Machado Silveira

Resumo


O texto sintetiza nosso recorrido por alguns aspectos que norteiam o debate em torno ao eixo modernidade e pós-modernidade, abordando as grandes diferenças constatadas entre os teóricos que trabalham o tema, tanto em termos de conteúdo e nível intelectual, quanto naquilo que envolve sua própria terminologia. Outro ponto crítico enfatizado é o da definição acerca do que é o pós-modernismo ou pós-modernidade e em quais sociedades ele ocorre, já que a literatura especializada referenda as dificuldades normalmente encontradas para a utilização desta noção. As definições comentadas se orientam em torno às noções de pluralismo, desdobramentos e fragmentação, as quais de vinculam a significação da celebrada “condição pós-moderna” com vistas a elucidar aspectos pertinentes a ação das indústrias culturais. O texto está orientado pela indagação sobre os atrativos que fazem com que tal debate possua ampla aceitação fora dos estritos domínios de suas origens.


Palavras-chave


Pluralismos; Desdobramentos; Fragmentação; Pós-modernidade; Pós-moderno

Texto completo:

PDF




 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.