A construção/fabricação de práticas de alfabetização em turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA)

Eliana Borges Correia de Albuquerque, Andréa Tereza Brito Ferreira

Resumo


A questão da alfabetização de adultos no Brasil é um problema muito complexo e exige muita atenção por parte de diversos segmentos da sociedade. O trabalho com alfabetização de adultos difere da alfabetização de crianças pelo fato de envolver questões peculiares e por isso merece uma atenção específica daqueles que pesquisam e atuam neste nível de ensino. A pouca escolarização dos jovens e adultos que estiveram fora do sistema escolar dificulta o desempenho deles em alguns eventos sociais, mas não os impede de desenvolver estratégias que facilitem sua relação com as mais diversas tecnologias letradas. A partir dessas concepções, as mudanças didáticas e pedagógicas foram ganhando uma nova roupagem. A questão do letramento passa a ser a tônica principal nas propostas de ensino de Educação de Jovens e Adultos (EJA), seja por meio dos documentos oficiais, seja por meio dos materiais didáticos. Nossa pesquisa teve o objetivo de analisar as práticas de alfabetização de professores de EJA do Programa Brasil Alfabetizado, desenvolvido pela prefeitura da cidade do Recife, em parceria com o Centro de Estudos em Educação e Linguagem (CEEL–UFPE). Neste artigo, apresentaremos os dados relativos às práticas de duas docentes que lecionavam em um mesmo espaço pedagógico (uma escola comunitária do bairro em que moravam), em horários diferentes. Nos resultados, percebemos diferenças nas práticas das duas professoras: uma prática mais voltada para a alfabetização na perspectiva do letramento e uma outra que priorizava a construção da identidade do aluno de EJA, não desenvolvendo atividades de apropriação do Sistema de Escrita Alfabética (SEA) de forma sistemática.

Palavras-chave: Alfabetização. EJA. Práticas escolares.


Palavras-chave


Alfabetização. EJA. Práticas escolares.

Texto completo:

PDF


CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar