Édipo rei: a formação do homem para a polis

José Joaquim Pereira Melo, Renan Willian Fernandes Gomes

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/198464447000

 

Pretende-se, com este texto, discutir a proposta de formação do homem grego para a polis, conforme se entende que foi expressa por Sófocles em Édipo Rei. Nessa peça, ainda que de maneira não intencional, o autor apontou o ideal de homem que, em sua perspectiva, poderia vir a responder às necessidades da sociedade helênica do seu tempo, a qual, dividida entre o mito e a razão, contava com um homem em conflito que precisava de direcionamento. Sófocles, por meio de seu protagonista, representou a conduta que considerava ideal e, ao fazê-lo, abriu para o público uma possibilidade de reflexão e discussão a respeito das transformações econômicas, sociais e políticas de seu tempo. Assim, ele criou um herói que, para além do papel do cidadão, constituiu-se como um modelo de formação diferente do consagrado pelo período arcaico.


Palavras-chave


Sophocles, Man, Education, Polis.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/198464447000

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao

 


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

 

Periodicidade – Demanda contínua

 

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

   

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar