O Ensino Fundamental de nove anos e os processos de avaliação: estratégias de regulação da população infantil

Maria Renata Alonso Mota

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/198464442713

 

Este artigo é parte da Tese de Doutorado que teve como objetivo discutir como o Ensino Fundamental de nove anos está inserido em práticas de governamento da infância e, ainda, como essas práticas possibilitam outro lugar escolar para as crianças de seis anos. O estudo busca compreender o que pode ser dito e pensado sobre os espaços e lugares que estão sendo destinados às crianças menores de sete anos e como isso vem produzindo o governamento da infância, a partir da noção de governamentalidade desenvolvida por Michel Foucault. Como material de pesquisa, foram utilizados alguns documentos que tratam da política de Ensino Fundamental de nove anos elaborados pelo Ministério da Educação e pela Secretaria de Educação do Estado do Rio Grande do Sul, bem como matérias jornalísticas que foram publicadas sobre o assunto no período mais intenso da implementação do Ensino Fundamental de nove anos (2005 – 2008). Neste artigo, as análises estão centradas nos processos de avaliação implicados nesta política educacional como uma das estratégias eficazes de regulação da população. Os resultados apontam para o fato de que as políticas educacionais contemporâneas, como é o caso do Ensino Fundamental de nove anos, ainda que enfoquem o direito à educação e a universalização da educação escolar para as crianças de seis anos e que pretendam incidir no sucesso escolar por meio das estratégias que utilizam, propõem novos modelos institucionais, novos modelos de aprendizagem, novos modelos de infância e criança.


Palavras-chave


Nine-year Elementary Education; childhood; government; governmentality.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/198464442713

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao

 


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: 10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

 

Periodicidade – quadrimestral

Primeiro quadrimestre, jan./abr., limite para publicar a edição 30 abril.

Segundo quadrimestre, maio/ago., limite para publicar a edição 31 agosto.

Terceiro quadrimestre, set./dez., limite para publicar a edição 31 dezembro.

Os dizeres acima dizem respeito somente à data de publicação da edição e não ao envio de artigos.

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY-NC 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

   

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar