O currículo e escolas do campo: questões político-pedagógicas em superação

Clésio A. Antonio

Resumo


O texto discute o trabalho escolar a partir do processo de seleção, organização e ensino do conhecimento escolar, tendo como enfoque central as questões relativas ao currículo escolar em escolas do campo, pelo qual apresentam-se algumas problemáticas de ordem organizacional ao processo pedagógico. Discutimos que a organização do currículo escolar, orientado pela lógica disciplinar de organização das práticas pedagógicas, funda-se por um modelo curricular estandardizado ao trabalho escolar, com seus reflexos no ensino dos conhecimentos escolares e na organização da prática pedagógica dos professores em escolas do campo. Esse modelo é apresentado na sua origem de escolarização moderna e urbana de massa, que se expande às escolas do campo, manifestando algumas contradições à dinâmica curricular das escolas com tais especificadas contextuais. Buscamos trazer essas questões de ordem político-pedagógicas como uma contribuição às reflexões educacionais suscitadas pelo movimento “Por uma Educação do Campo”, como foro social reivindicatório de uma educação que leve em consideração a realidade sociocultural do campo. Esse movimento, portanto, é situado como um âmbito sócio-educativo para uma discussão sobre movimentos de reorganizações curriculares com escolas do campo.

Palavras-chave: Currículo Escolar. Educação do Campo. Escola do Campo.


Palavras-chave


School Curriculum; Education in the Countryside; School in the Countryside.

Texto completo:

PDF


CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar