Produção científica sobre os distúrbios psíquicos menores a partir do self report questionnarie

Juliana Petri Tavares, Carmem Lúcia Colomé Beck, Tânia Solange Bosi de Souza Magnago, Patrícia Bitencourt Toscani Greco, Francine Cassol Prestes, Rosângela Marion da Silva

Resumo


Objetivo: conhecer a produção científica publicada no Brasil em bases de dados eletrônicas sobre os Distúrbios Psíquicos Menores a partir do Self Report Questionarie, bem como identificar possíveis relações entre distúrbios psíquicos menores e trabalho.  Método: realizou-se um levantamento bibliográfico nas bases de dados LILACS, MEDLINE e SCIELO, nos últimos dez anos, com as palavras-chave: transtornos mentais comuns, distúrbios psíquicos menores, morbidades psiquiátricas menores, problemas psiquiátricos menores. Resultados: obteve-se 41 estudos, sendo 38 artigos científicos e três dissertações. Observa-se um aumento de publicações do ano de 2004 (2,4%) para o de 2005 (14,6%). O periódico com maior número de publicações foi o Caderno de Saúde Pública (24,4%). Os estudos investigaram populações com idade maior ou igual a 14 anos (48,8%); trabalhadores da saúde (19,5%), trabalhadores de outras áreas (19,5%) e estudantes (12,2%). Conclusão: evidenciou-se que os distúrbios psíquicos menores estão presentes em diversas populações, de variadas regiões do país, apontando para a necessidade de novos estudos que investiguem a associação entre DPM e as condições de trabalho.

Palavras-chave


Enfermagem; Transtornos mentais; Saúde do trabalhador; Saúde mental

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/217976922091



Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.