Percepções de professores enfermeiros sobre a intersecção do trabalho assistencial e docente

Luiz Anildo Anacleto Silva, Éder Luís Arboit, Luís Antônio Müller, Monique Prestes, Indiara Sartori Dalmolin, Marcelo Machado Sassi

Resumo


Objetivo: conhecer as percepções de professores enfermeiros sobre a importância da experiência assistencial em relação ao exercício do trabalho docente. Método: a pesquisa caracteriza-se como um estudo exploratório-descritivo, com abordagem qualitativa. Na apreciação dos dados, utilizou-se a análise de conteúdo. Os participantes da pesquisa foram sete professores universitários que, anteriormente à prática docente haviam tido experiência na assistência. Resultados: o estudo mostra que as experiências no campo da prática assistencial contribuem para o desenvolvimento de conteúdos, sobretudo no que se refere à intersecção entre teoria e prática. Conclusão: a experiência na assistência contribui, no que se refere ao ensino, em relacionar teoria e prática, contudo, isso não se evidencia em outras atividades como pesquisa e extensão.


Palavras-chave


Enfermagem; Educação em enfermagem; Docentes de enfermagem; Prática do docente de enfermagem; Pesquisa em enfermagem

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2179769210081



Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.