Remuneração estratégica e pacote de benefícios: um estudo de caso aplicado ao nível operacional de uma multinacional

Renata Gheno, Jaqueline Berlitz

Resumo


Reter bons profissionais, que agreguem valor e se dediquem ao alcance dos objetivos da empresa, vem sendo uma constante nas organizações. Para reter esses profissionais, as organizações têm procurado novas formas de remuneração, conhecidas como remuneração estratégica, além de um amplo pacote de benefícios. Nesse sentido, este trabalho tem como objetivo identificar o nível de satisfação dos funcionários do nível operacional com relação às formas de remuneração estratégica e ao pacote de benefícios adotados em uma multinacional localizada na região metropolitana de Porto Alegre, a qual preferiu não ser identificada. A metodologia utilizada foi o estudo de caso, e a pesquisa foi descritiva de natureza qualitativa. Os dados foram levantados através de entrevista semiestruturada com uma profissional da área de Recursos Humanos, que esclareceu pontos-chave para o desenvolvimento deste trabalho, e de pesquisa quantitativa, através de questionário aplicado aos funcionários do nível operacional da empresa, buscando saber se eles conheciam os programas de remuneração estratégica e o pacote de benefícios oferecidos pela empresa, se estavam satisfeitos ou não com os programas e se participam ou já participaram dos mesmos.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19834659709



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

  

  

Revista de Administração da UFSM. Brazilian Journal of Management

Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil, eISSN 1983-4659