Um estudo da Teoria Psicossocial de Erikson e algumas implicações para a Educação Física

jairo Eleotério da Silva

Resumo


O propósito deste trabalho foi analisar a teoria psicossocial de Erikson e salientar algumas de suas implicações para a Educação Física Escolar. Procurou-se destacar a importância da teoria e como os professores de Educação Física e demais educadores podem se beneficiar através do conhecimento da mesma. Realizou-se um estudo bibliográfico e foi possível identificar três raízes que indicam a importância da teoria de Erikson: (1) por enfocar o desenvolvimento humano do ponto de vista relacional, ou seja, segundo a relação que o indivíduo estabelece com os outros, dentro de um contexto social específico; (2) apesar de a teoria ter sido elaborada nos Estados Unidos, ela apresenta alguns aspectos universais presentes em contextos diferentes; (3) para a Educação Física especificamente, o papel do brinquedo no desenvolvimento infantil representa a sua grande importância. O brinquedo deixa de ser uma atividade para se gastar energia e passa a ser uma necessidade para o desenvolvimento infantil. Com à relação Educação Física Escolar, foi possível identificar duas implicações: (1) na faixa etária de 6 a 12 anos (crise de produtividade X inferioridade) deve-se propor atividades que possam despertar nas crianças um sentimento de produtividade. A incorporação do sentimento positivo de ser produtiva, é importante para o fortalecimento do ego da criança; (2) uma outra implicação coincide com a etapa de aquisição de identidade do adolescente. Aqui se o professor usar estratégias de forma a permitir ao adolescente aceitar as mudanças resultantes de seu processo maturacional e estimular a resolução de conflitos, a Educação Física pode prestar uma grande contribuição para se adquirir e resolver a crise de identidade.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/231654648412



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.