Estrutura, distribuição espacial e produção de sementes de andiroba (Carapa guianensis Aubl.) no sul do estado de Roraima

Helio Tonini, Patricia da Costa, Paulo Emilio Kamiski

Resumo


A andiroba é uma das espécies arbóreas amazônicas com grande potencial de exploração madeireira e não madeireira, sendo este trabalho desenvolvido com o objetivo de estudar a estrutura populacional, a distribuição espacial e a produção de sementes em uma população nativa de andiroba localizada no sul do estado de Roraima. Para a realização deste estudo foi instalada uma parcela permanente de 300 x 300 m (9 ha) onde todos os indivíduos com DAP (diâmetro tomado a 1,30 m do solo) igual ou superior a 10 cm, foram identificados, mapeados e medidos. Em cada árvore, foram avaliadas a exposição da copa a luz, a forma da copa e a presença de cipós. Para identificar o padrão de distribuição espacial utilizaram-se a razão variância média e o Índice de Morisita. Os dados de produção foram obtidos pela pesagem das sementes, sendo monitoradas 145 árvores durante o ano de 2006. Observou-se que a população estudada apresentou uma distribuição diamétrica do tipo J Invertido, com uma produção de sementes de 65,4 kg.ha-1, com média de 8,3 kg.árvore-1. O diâmetro de 30 cm foi considerado como limítrofe para a produção comercial de sementes, permitindo estratificar a população em jovens (DAP≤ 30 cm) e adultos (DAP> 30 cm). O padrão de distribuição espacial foi agregado para toda a população, porém, os indivíduos jovens apresentaram padrão agregado e os adultos distribuição regular.


Palavras-chave


Amazônia; produtos florestais não madeireiros, distribuição diamétrica

Texto completo:

PDF

Referências


BOUFLEUER, N. T. Aspectos ecológicos da andiroba (Carapa guianensis Aublet. Meliaceae) subsidios para o manejo. 2004. 90 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Manejo de Recursos Naturais) – Universidade Federal do Acre, Rio Branco.

BRASIL. Departamento Nacional da Produção Mineral. Projeto RADAMBRASIL.Folha NA.20 Boa Vista e parte das folhas NA 21, Tumucumaque, NB.20 Roraima e NB 21: geologia,geomorfologia, pedologia, vegetação e uso potencial da terra.Rio de Janeiro, 1975, 428 p

CARVALHO, J. O. P. Distribuição diamétrica de espécies comerciais e potenciais em floresta tropical úmida na Amazônia. Belém: Embrapa Amazônia Oriental, 1981. (Documentos, n.23). 34 p.

CHAPMAN, C. A. Estimator of fruit abundance of tropical trees. Biotropica, Washigton, v. 24, n. 4, p. 527-531, Dec. 1992.

FAO. Global forest resources assessment 2005: progress towards sustainable forest management. Roma: FAO, 2006, 175 p.

FAZOLIN, M.; ESTRELA, J. L. V PESSOA, J. S.Avaliação do uso do óleo de andiroba Carapa guianensis Aubl., no controle da Cerotomona tingonarius Bechynebem em feijoeiro no Acre. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS NATURAIS, 1., 2000. Fortaleza. Anais... Fortaleza:Academia Paraense de Ciências, 2000.

FERRAZ, I. D. K.; CAMARGO, J. L. C.; SAMPAIO, P. T. B. Sementes e plântulas de andiroba (Carapa guianensis Aubl. e Carapa procera, D.C): aspectos botânicos, ecológicos e tecnológicos. Acta Amazonica, Manaus v. 32, n. 4, p. 647-661, abr. 2002.

FERRAZ, I. D. K.; CAMARGO, J. L. C.; SAMPAIO, P. T. B. Andiroba (Carapa guianensis Aubl.; Carapa procera, D.C) Meliaceae. Manaus: INPA., 2003, 6 p. (Manual de sementes da Amazônia, n.1)

FINEGAM, B., CAMACHO, M. Stand dynamics in a logged and silviculturally treated Costa Rica rain Forest, 1988-1996. Forest Ecology and Management, Dorchester, v. 121, p. 177-189, Aug. 1999.

FORGET, P. M.; MERCIER, F.; COLLINET, F. Spatial patterns of two rodent-dispersed rain forest trees Carapa procera (Meliaceae) and Vouacapoua americana (Caesalpiniaceae) at Paracou, French Guiana. Journal of Tropical Ecology, Cambridge, v. 15, p. 301-313, Dec. 1999.

FORGET, P. M.; JANSEN, P. A. Hunting increases dispersal limitation in the tree Carapa procera, a nontimber forest product. Conservation Biology, Cambridge, v. 21, n. 1, p. 106-113, Feb. 2007.

FUNDAÇÃO DO MEIO AMBIENTE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO ESTADO DE RORAIMA.O Brasil do hemisfério norte: Diagnóstico científico e tecnológico para o desenvolvimento. Boa Vista: Ambitec,1993, 512 p.

GUARIGUATA, M. R.; ADAME, J. J. R.; FINEGAN, B. Seed removal and fate in two selectively logged lowland forests with constrasting protection levels. Conservation Biology, Cambridge v. 14, n. 4, p. 1046-1054, Aug. 2000.

HENRIQUES, R. P. B.; SOUSA, E.C.E.G. Population structure and microhabitat regeneration of Carapa guianensis in northeastern Brazil. Biotropica, Washington, v. 21, n. 3, p. 204-209, Sept. 1989.

KREBS, C.J. Ecological Methodology. New York: University of British Columbia, 1989, 653 p.

KLIMAS, C.A. Ecological review and demographic study of Carapa guianensis. 2006, 65 p. Dissertação ( Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade da Flórida, Gainesville.

LEITE, A. M. C. Ecologia de Carapa guianensis Aublet. (Meliaceae) “andiroba”, 1997. 181 f. Tese (Doutorado em Biologia Ambiental) - Universidade federal do Pará/Museu Paraense Emilio Goeldi, Belém.

LOUREIRO, A. A.; SILVA, M. F.; ALENCAR, J. C. Essências madeireiras da Amazônia. Manaus:INPA/SUFRAMA, 1979, 187 p. v. 2.

LOUMAN, B.,VALERIO, J., JIMÉNEZ, W. Bases ecológicas. In: LOUMAN, B., QUIRÓS, D., NILSSON, M. Silvicultura de bosques latifoliados húmedos com énfasis em América Central. Turrialba: CATIE, 2001, p. 21-78.

MAcHARGUE,L.A.; HARTSHORN, G. S. Seed and seedling ecology of Carapa guianensis. Turrialba, Turrialba v. 33,n. 4, , p. 399-404, Oto./Dic. 1983.

MENDONÇA, A. P. Potencialidade da produção de óleo de andiroba (Carapa procera D.C e Carapa guianensys Aubl.) no estado do Amazonas. 2004, 90 f. Dissertação(Mestrado em Desenvolvimento Regional) -Universidade Federal do Amazonas, Manaus.

MELLINGER, L. L. Aspectos da regeneração natural e produção de sementes de Carapa guianensis Aubl. (andiroba) na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã (AM). 2006. 81 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Intituto Nacional de Pesquisas Amazônicas/Universidade Federal do Amazonas, Manaus.

PENNINGTON, T. D.; STYLES, B. T.; TAYLOR, D. A. H. Meliaceae. 1981. 470 p. (Flora Neotropica Monograph, n.28).

PLOWDEN, C. The Ecology and harvest of andiroba seeds for oil production in the Brazilian Amazon. Conservation & Society, Bangalore, v. 2, n. 2, p. 251-270, Mar. 2004.

RIZZINI, C. T.; MORS, W. B.Botânica econômica brasileira. São Paulo:EPUSP, 1976, 207 p

SAMPAIO, P. T. B. Andiroba In: CLAY, J. W.; SAMPAIO, P. T. B., CLEMENT, C. R. Biodiversidade amazônica: exemplos de estratégias de utilização. Manaus: INPA, 2000 p.243-251.

SCARANO, F. R.; PEREIRA, T. S.; RÔÇAS, G. Seed germination during floatation and seedling growth of Carapa guianensis a tree from flood-prone forests of the Amazon. Plant Ecology, Amsterdam, v. 168, ,p .291-296, Sept. 2003.

SHANLEY, P. Andiroba (Carapa guianensis, Aublet.). In: SHANLEY, P.; MEDINA, G. Frutíferas e plantas úteis na vida amazônica. Belém: Cifor, 2005, p.41-50.

SILVA, J. N. M. et al. Growth and yeld of a tropical rain Forest in the Brazilian Amazon 13 years after logging. Forest Ecology and Management, Dorchester v. 71, n. 3., p. 267-274, Apr. 1995.

ZUIDEMA, P. A. Demography and management of the Brazil nut tree (Bertholletia excelsa).Falta Local e editora 2003, 111 p. (PROMAB Scientific Series, n.6)




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19805098879