Aporte e decomposição de serapilheira em áreas de cerradão e mata mesofítica na Estação Ecológica de Pirapitinga – MG

Rômulo Guimarães Giácomo, Marcos Gervasio Pereira, Deivid Lopes Machado

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/198050987549

O objetivo deste estudo foi quantificar os aportes de serapilheira e nutrientes e estimar a velocidade de decomposição da mesma, em áreas de mata mesofítica e cerradão na Estação Ecológica de Pirapitinga. Para a avaliação do aporte de serapilheira e dos nutrientes foram distribuídos aleatoriamente 10 coletores cônicos em uma gleba de 0,1 ha, em cada área de estudo, sendo as avaliações realizadas mensalmente. A decomposição da serapilheira nas áreas de estudo foi avaliada por uso de litter bags. A produção total de serapilheira foi de 2,50 e 2,92 Mg ha-1 ano-1 para as áreas de cerradão e mata mesofítica, respectivamente. A ordem de relevância do aporte de nutrientes foi nitrogênio > potássio > fósforo. A mata mesofítica apresentou distribuição mais homogênea da produção de serapilheira ao longo do ano e maiores valores de aporte total anual de serapilheira e nutrientes, os maiores valores de aporte foram observados na estação seca. O tempo de meia-vida de decomposição das folhas da serapilheira entre as áreas foi equivalente, cerca de 161 dias na área de mata mesofítica e 173 na área de cerradão.

Palavras-chave


material decíduo; aporte de nutrientes; tempo de meia-vida

Texto completo:

PDF

Referências


AZEVEDO, L. G. et al. Ensaio Metodológico de Identificação e Avaliação de Unidades Ambientais: a Estação Ecológica de Pirapitinga, MG. Belo Horizonte: Ministério do Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, SEMA, Embrapa, 1987. 58 p.

BARBOSA, J. H. C. Dinâmica da serrapilheira em estágios sucessionais de Floresta Atlântica (Reserva Biológica de Poço das Antas – RJ). 2000. 202 f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Solo) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, 2000.

BERG, B. Litter decomposition and organic matter turnover in northern forest soil. Forestry Ecology Management, v.133, p.13-22, 2000.

CARPANEZZI, A. A. Deposição de material orgânico e nutrientes em uma floresta natural e em uma plantação de Eucalyptus no interior do Estado de São Paulo. 1980. 107 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Piracicaba, 1980.

CHAGAS, A. P. C.; REZENDE, J. L. P. Ciclagem de nutrientes em floresta semidecidual na fazenda experimental da Puc-Minas: Produção de serapilheira. Revista Sinapse Ambiental, v. 3, n. 3, p. 1 – 14, 2006.

CIANCIARUSO, M. V. et al. Produção de serapilheira e decomposição do material foliar em um cerradão da Estação Ecológica de Jataí, município de Luiz Antônio, SP, Brasil. Acta Bot. Bras., v.20, n.1, p. 49-59, 2006.

DIAS, A. C. Composição florística, fitossociologia, diversidade de espécies arbóreas e comparação de métodos de amostragem na floresta ombrófila densa do Parque Estadual Carlos Botelho / SP – Brasil. 2005. 184 f. Tese (Doutorado em Recursos Florestais) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Piracicaba, 2005.

DIAS, H. C. T.; OLIVEIRA FILHO, A. T. Variação temporal e espacial da produção de serrapilheira em uma área de foresta estacional semidecídua montana em Larvras-MG. Revista Árvore, v. 21, p. 11 – 26, 1997.

EWEL, J. J. Litter fall and leaf decomposition in a tropical forest succession in eastern Guatemala. Journal of Ecology, v. 64, p. 293 – 308, 1976.

FACELLI, J. M.; PICKETT, S. T. A. Plant litter: its dynamics and effects on plant community structure. The Botanical Rewiew, v. 57, p. 1 – 32, 1991.

FERNANDES, F. C. S.; SCARAMUZZA. Produção e decomposição da liteira em fragmento florestal em Campo Verde (MT). Revista Ciência Agrária, n. 47, p. 173 – 186, 2007.

GOLLEY, P. T. Litterfall in forest on Christmas island, Indian Ocean: quantity, seasonality, and composition. Biotropica, v.30, p. 671 - 676, 1978.

HARIDASAN, M. Nutrição mineral de plantas nativas do Cerrado. Departamento de Ecologia, Universidade de Brasília. Revista Brasileira de Fisiologia Vegetal, v.12, n.1, p. 54 – 64, 2000.

HEAL, O.W. et al. Plant litter quality and decomposition: an historical overview. P 3-30. In: CADISH, G.; GILLER, K.E. (Eds.). Driven by Nature: plant litter quality and decomposition. Walingford: CAB International, 1997. 409 p.

KLINK, C. A. Relação entre o desenvolvimento agrícola e a biodiversidade. In: PEREIRA, R. C.; NASSER, L. C. B. (Ed.) Anais...VIII Simpósio sobre o Cerrado, 1st International Symposium on Tropical Savanas - Biodiversidade e Produção Sustentável de Alimentos e fibras nos Cerrados. Embrapa CPAC. Brasília, 1996, p. 25-27.

KOLM, L. Ciclagem de nutrientes e variações do microclima em plantações de Eucalyptus grandis Hill ex Maiden manejadas através de desbastes progressivos. 2001. 73 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Piracicaba, 2001.

KÖPPEN, W. Climatologia: con un estudio de los climas de la tierra. México: Fondo de Cultura Econômica.1948. 488 p.

LEITÃO-FILHO, H. F. et al. Ecologia da mata atlântica em Cubatão, SP. São Paulo: EDUNESP / EDUNICAMP. 1993. 86 p.

LOPES, M. I. S. et al. Ciclagem de nutrientes minerais. In: SYSLVESTRE, L. S.; ROSA, M. M. T. (Ed.) Manual metodológico para estudos botânicos na mata atlântica. Seropédica: EDUR – UFRRJ, 2002. p. 72-102.

MARTIUS, C. et al. Litterfall, litter stocks and decomposition rates in rainforest and agroforestry sites in central Amazonia. Nutr. Cycl. Agroecos. v. 68, p. 137-154, 2004.

MONTAGNINI, F.; JORDAN, C. Reciclaje de nutrientes. In: GUARIGUATA, M. R. KATTAN, G. H. (Eds.) Ecologia y conservación de bosques neotropicales. Cartago: Ed. LUR. 2002. p. 591 – 623. Cap. 23.

ODUM, E. P. The strategy of ecosystems development. Science, v. 164, p. 262-270, 1969.

OLIVEIRA-FILHO, A. T.; RATTER, J. A. A study of the origin of Central Brazilian forests by the analysis of plant species distribution patterns. Edinburgh Journal of Botany, v. 52, p. 141 – 194, 1995.

OLSON, J. S. Energy storage and the balance of producers and decomposers in ecological systems. Ecology, Washington, v. 44, n. 2, p. 322 - 330, Apr. 1963.

PAGANO, S. N.; DURIGAN, G. Aspectos da ciclagem de nutrientes em Matas Ciliares do oeste do Estado de São Paulo, Brasil. In RODRIGUES, R. R.; LEITÃO FILHO, H. F. (Eds.) Matas ciliares: conservação e recuperação. São Paulo: Ed. da USP/Fapesp, 2000. p.109 – 123.

PERES, J. R. R. et al. Litter production in areas of Brazilian “Cerrados”. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 18, n. 9, p. 1037 - 1043, 1983.

POGGIANI, F. et al. Indicadores de sustentabilidade das plantações florestais. Série Técnica IPEF, v. 12, n. 31, p. 33 – 44, abr., 1998.

REZENDE, C. P. et al. Litter deposition and disapperance in Brachiaria pastures in Atlantic forest region of South Bahia, Brazil. Nutrient cycling in Agroecosystems, Netherlands, v. 54, p. 99-112, 1999.

RIBEIRO, L. Dinâmica de nutrientes na serrapilheira, em um trecho de mata ciliar alagável com ninhal de aves do Rio Cuiabá, no Pantanal Barão de Melgaço-MT. 1998. 53 f. (Monografia de Graduação) - Instituto de Biociências, Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, 1998.

SANTOS, P. F.; RODRIGUES, G. S. Avaliação dos métodos para estimativa da decomposição do folhedo em ecossistema de cerrado (Corumbataí-SP). Ciência e Cultura v. 34, n. 7, p. 559, 1982.

SILVA, C. J. et al. Produção de serrapilheira no Cerrado e Floresta de Transição Amazônia-Cerrado do Centro-Oeste Brasileiro. Acta Amazônica, v. 37, n. 4, p. 543 – 548, 2007.

SINGH, J. S.; GUPTA, S. R. Plant decomposition and soil respiration in terrestrial ecosystems. The Botanical Review, v. 43, p. 449 – 528, 1977.

SIOLI, H. Amazônia: fundamentos da ecologia da maior região de forestas tropicais. Petrópolis: Vozes. 1991. 72 p.

SOUZA, J. A.; DAVIDE, A. C. Deposição de serapilheira e nutrientes em uma mata não minerada e em plantações de bracatinga (Mimosa scabrella) e de eucalipto (Eucalyptus saligna) em áreas de mineração de bauxita. Revista Cerne, v. 7, n. 1, p. 101 – 113, 2001.

SUNDARAPADIAN, S. M.; SWAMY, P. S. Litter production and leaf-litter decomposition of selected tree species in tropical forests at Kodayar in the Western Ghats, India. Forest Ecology and Management, v. 123, p. 231 – 244, 1999.

SWIFT, M. J.; HEAL, O. W.; ANDERSON, J. M. (Eds). The influence of resource quality on decomposition processes. In: Decomposition in terrestrial ecosystems. Berkeley: University of California Press, 1979. p.118 - 166.

TEDESCO, M. J. et al. Análise de solo, plantas e outros materiais. 2. ed. rev. e ampl. Porto Alegre: Departamento de Solos, UFRGS, 1995. 174 p.

THOMAS, R. J.; ASAKAWA, N. M. Decomposition of leaf litter from tropical forage grasses and legumes. Soil Biology and Biochemistry, v. 25, n. 10, p. 1351-1361, 1993.

VIBRANS, A. C.; SEVEGNANI, L. Decomposição de nutrientes através da queda da serapilheira em dois remanescentes de Floresta Ombrófila Densa em Blumenau – SC. Revista de Estudos Ambientais, v. 2, p. 41 – 55, 2000.

VITAL, A. R. T. et al. Produção de serapilheira e ciclagem de nutrientes de uma floresta estacional semidecidual em zona ripária. Revista Árvore, v. 28, n. 6, p. 793 – 800, 2004.

VITOUSEK, P. M.; SANFORD JR., R. L. Nutrient cycling in moist tropical forest. Annual Review of Ecology and Systematics, v. 17, p. 137-167, 1986.

WERNECK, M. S. et al. Produção de serapilheira em três trechos de um floresta semidecídua com diferentes graus de perturbação na Estação Ecológica de Tripuí, Ouro Preto, MG. Revista Brasil. Bot. São Paulo, v. 24, n. 2, p. 195–198, jun. 2001.

WHITTAKER, R. H. Communities and ecosystems. London: Coller-Macmillan. 1975.




DOI: https://doi.org/10.5902/198050987549

Licença Creative Commons