Crescimento de mudas de pupunheira (Bactris gasipaes Kunth) utilizando resíduo de mineração de areia como componente de substratos

Valéria Augusta Garcia, Valéria Aparecida Modolo, Ana Maria Magalhães Andrade Lagoa, Maria Luiza Sant’Anna Tucci, Norma de Magalhães Erismann, Domingos Sávio Rodrigues

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/198050986613

O objetivo deste trabalho foi avaliar o crescimento de mudas de pupunheira quando utilizado o resíduo fino de mineração de areia na composição de substratos. O experimento constou de cinco tratamentos, sendo quatro composições de diferentes proporções de resíduo de mineração de areia e casca de arroz carbonizada: 1:0; 3:1; 1:1; 1:3 e um substrato padrão composto por latossolo amarelo podzólico álico e esterco de búfalo curtido, na proporção 3:1. Utilizou-se o delineamento experimental de blocos ao acaso com cinco repetições e 10 mudas por parcela. Repicou-se uma plântula de pupunheira por recipiente (sacos plásticos de polietileno preto de 8 x 20 cm, volume 1,1 L), os quais foram preenchidos com os diferentes substratos. Foram determinadas mensalmente as variáveis diâmetro do coleto, altura da haste, número de folhas e taxa de crescimento relativo e, após 180 dias da repicagem, os valores SPAD (Soil and Plant Analysis Development), dinâmica da assimilação de CO2, da transpiração e da condutividade estomática. O resíduo de mineração de areia puro como substrato não proporcionou mudas de qualidade, visto que esse material apresenta alta densidade e baixa granulometria. Seu uso pode ser indicado como um dos componentes de substratos, pois as plantas que cresceram nas misturas de resíduo e casca de arroz carbonizada apresentaram resultados semelhantes ao do considerado padrão.

Palavras-chave


palmito; pupunha; substrato

Texto completo:

PDF

Referências


ABAD, M. Los sustratos hortícolas y técnicas de cultivo sin suelo. In: RALLO, L.; NUEZ, F. La horticultura Española en la C.E, Réus: Horticultura S.L., p.271-280, 1991.

ABOBOREIRA NETO, M. Pupunheira. Disponível em: <(http://www.ceplac.gov.br/radar/Artigos/artigo24.htm)> Acesso em: 08 de março de 2009.

ANEFALOS, L. C; TUCCI, M. L. S; MODOLO, V. A. Uma visão sobre a pupunheira no contexto do mercado de palmito. Análises e Indicadores do Agronegócio, v. 2, n. 7, 2007.

AYERS, R. S.; WESTCOT. D. W. A qualidade de água na agricultura. Campina Grande: Universidade Federal da Paraíba, 1999. 53 p. (FAO Irrigation Drainage Daper, 29)

BACKES, M. A.; KÄMPF, A. N. Substrato a base de composto de lixo urbano para a produção de plantas ornamentais. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 26. n. 5, p. 753-758, 1991.

BARREIRO, A. P. et al. Análise de crescimento de plantas de manjericão tratadas Com reguladores vegetais. Bragantia, Campinas, v. 65, n. 4, p. 563-567, 2006.

BOVI, M. L. A. et al. Relação entre alguns caracteres da planta e do palmito de açaizeiros (Euterpe

oleracea). Bragantia, Campinas, v. 49, n. 01, p. 69-81, 1990.

BOVI, M. L. A. Expansão do cultivo da pupunheira para palmito no Brasil. Horticultura Brasileira, Brasília, v. 15, p. 183- 185, 1998a. supl.

BOVI, M. L. A. Palmito pupunha: informações básicas para cultivo. Campinas: Instituto Agronômico, 1998b. (Boletim técnico, n. 173)

BOVI, M. L. A.; GODOY JÚNIOR, G.; SAES, L. A. Correlações fenotípicas entre

caracteres da palmeira Euterpe edulis Mart. e produção de palmito. Revista

Brasileira de Genética, v. 14, n. 1, p. 105-121, 1991.

BOVI, M. L. A.; GODOY JUNIOR, G.; SPIERING, S. H. Respostas de crescimento da pupunheira à adubação NPK. Scientia Agricola, v. 59, n. 1, p. 161-166, 2002.

BOVI, M. L. A.; SAES, L. A.; GODOY JÚNIOR, G. Correlacões fenotipicas entre

caracteres não destrutíveis e palmito em pupunheiras. Revista Turrialba, San

José, v. 42, n. 3, p. 382-390, 1992.

CAMARGO, O.A. et al. Métodos de análise química, mineralógica e física de solos do IAC. Campinas: Instituto Agronômico de Campinas, 1986. (IAC Publicação 106).

CLEMENT, C. R.; BOVI, M. L. A. Padronização de medidas de crescimento e produção em experimento com pupunheiras para palmito. Acta Amazonica, v. 30, n. 3, p. 349-362, 2000.

COSTA, M. C. et al. Substratos para produção de mudas de jenipapo (Genipa americana L.). Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 35, n. 1, p. 19-24, 2005.

FERMINO, M. H. O uso da análise física na avaliação da qualidade de componentes e substratos. In: ENCONTRO NACIONAL DE SUBSTRATOS PARA PLANTAS, 2., 2002, Campinas. Anais... Campinas: IAC, 2002, p. 29-37.

GARCIA, T. B.; FONSECA, C. E. L. Crescimento de mudas de pupunheira em condições de viveiro coberto com palha. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 26, n. 9, p. 1447-1451, 1991.

GERDEMANN, J. W.; NICOLSON, T. H. Spores of mycorrhizal Endogone species extracted from soil by wet sieving and decanting. Transactios of the British Mycological Society, London, v. 46, p. 235-246, 1963.

GUERRERO, F.; POLO, A. Control de las propriedades hidrofísicas de las turbas para su utilización agrícola. Agricoltura Mediterrânea, v. 119, p. 453-459, 1989.

JENKINS, W. R. A rapid centrifugal-flotation technique for separating nematoides from soil. Plant Disease Reporter, Beltsville, v. 48, n. 9, p. 692, 1964.

LAUCHI, A.; EPSTEIN, E. Mechanisms of salt tolerance for plants. California Agriculture, Oakland, v. 38, n. 10, p. 18-20. 1984.

LOPES, J. L. W. et al. Crescimento de mudas de alface em diferentes substratos. Biotemas, v. 20, n. 4, p. 19-25, 2007.

LUPA - LEVANTAMENTO CENSITÁRIO DE UNIDADES DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Atualização 2008. Disponível em: <(http:www.cati.sp.gov.br)> Acesso em: 15 de julho de 2009.

MALAVOLTA, E.; VITTI, G. C.; OLIVEIRA, S. A. Avaliação do estado nutricional das plantas–princípios e aplicações. 2. ed., Piracicaba: Potafós, 1997. 319 p.

MINAMI, K. Produção de mudas de alta qualidade em horticultura. São Paulo: T.A. Queiroz, 1995.136 p.

OLIVEIRA, M. A. J. et al. Fotossíntese, condutância estomática e transpiração em pupunheira sob deficiência hídrica. Scientia Agrícola, v. 59, p. 59-63, 2002.

PREVITALLI, R. von Z. Crescimento de mudas de pupunheira (Bactris gasipaes Kunth) em substrato compactado. 2007. 101 f. Dissertação (Mestrado em Agricultura Tropical) - Instituto Agronômico, Campinas, 2007.

RADFORD, P. J. Growth analysis formulae – their use and abuse. Crop Science, v. 7, n. 3, p. 171-175, 1967.

SCHMITZ, J. A. K.; SOUZA, P. V. D.; KAMPF, A. N. Propriedades químicas e físicas de substratos de origem mineral e orgânica para o cultivo de mudas em recipientes. Ciência Rural, Santa Maria, v. 32, n. 6, p. 937-944. 2002.

SOUZA, R. J.; FERREIRA, A. Produção de mudas de hortaliças em bandejas: economia de sementes e defensivos. A Lavoura, Rio de Janeiro, n. 623, p. 19-21, 1997.

TUCCI, M. L. S. Variação estacional do crescimento e de trocas gasosas em pupunheira (Bactris gasipaes Kunth). 2004. 180 f. Tese (Doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2004.

TUCCI, M. L. S.; MACHADO, E. C.; BOVI, M. L. A. Variabilidade fenotípica de trocas gasosas em pupunheiras. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 46., 2006, Goiânia. Anais... Goiânia: UFG, 2006, 1 CD-ROM.

UZZO, R. P. et al. Correlações fenotípicas entre caracteres vegetativos e de produção de palmtio da

palmeira real australiana. Scientia Agricola, Piracicaba, v. 59, n. 3, p. 505-511, 2002.

YUYAMA, K.; MESQUITA, S. M. S. Crescimento de mudas de pupunheira (Bactris gasipaes) transplantadas em diferentes estádios de plântula, substratos e volume de substrato. Acta Amazonica, Manaus, v. 30, n. 3, p. 515-520. 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/198050986613