Avaliação da arborização urbana pelos residentes - estudo de caso em Mal. Cândido Rondon, Paraná.

Ubirajara Contro Malavasi, Marlene de Matos Malavasi

Resumo


Este estudo objetivou quantificar a percepção da arborização urbana da cidade de Mal. Cândido Rondon, Paraná, pelos munícipes residentes. Os dados foram obtidos por meio da aplicação de um questionário a trinta residentes localizados em 53 pontos de amostragem da área urbana do município perfazendo um total de 1.590 entrevistas. Os resultados indicaram que, para 56% da população urbana, a cidade de Mal. Cândido Rondon, assim como a rua de residência do munícipe possuem alguma arborização. Dos entrevistados,  92 % percebem alguma vantagem da presença da arborização sendo que os benefícios  relacionados com o conforto térmico foram os mais lembrados. 75% dos entrevistados declararam sua colaboração na manutenção da arborização urbana. A valoração da arborização urbana pelos munícipes rondonenses refletiu-se no fato de que 91% dos entrevistados se declararem propensos a contribuir anualmente com valores entre R$ 1,00 e R$ 5,00 para a sua manutenção.


Palavras-chave


opinião pública; valoração; manutenção; participação comunitária.

Texto completo:

PDF

Referências


CEMIG. Manual de arborização. Belo Horizonte, MG. 1996. 40 p.

DIAS, R. A importância da arborização urbana. In: SEMINÁRIO DE ARBORIZAÇÃO URBANA NO RIO DE JANEIRO, 1., 1996, Rio de Janeiro. Anais … Rio de Janeiro: UFRJ, 1996. p. 29 - 33.

LORENZO, A. B., BLANCHE, C. A., QI, Y. et al. Assessing residents’ willingness to pay to preserve the community urban forest: a small-city case study. Journal of Arboriculture, v. 26, n. 6, p. 319-334, 2000.

MALAVASI, U.C. Florestas urbanas: elo de Ligação entre o Homo sapiens urbanus e o Meio Ambiente. Floresta e Ambiente, Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, p. 58-59, 1994.

MILANO, M.S. Avaliação e análise da arborização de ruas de Curitiba-PR. 1984. 130p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal), Setor de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Paraná, Curitiba.

MOLL, G.; YOUNG, S. Growing greener cities: a tree-planting book. Los Angeles: Living Planet Press. 1992. 126 p.

OLIVEIRA, R.F. de. De urbis arboreto: o espaço primitivo interpretado. In SEMINÁRIO DE ARBORIZAÇÃO URBANA NO RIO DE JANEIRO, 1., 1996, Rio de Janeiro. Anais … Rio de Janeiro: UFRJ, 1996. p 33 – 44.

SILVA, J.A. da. Direito ambiental constitucional. 2. ed. São Paulo: Malheiros, 1995. 243 p.

SOUZA, M. A. de I.B. Curso sobre arborização urbana. Belo Horizonte: CEMIG/SBAU/IEF/AMIFLOR, 1995. 33 p.




DOI: https://doi.org/10.5902/19805098504

Licença Creative Commons