Qualidade de chapas de partículas de Pinus elliottii coladas com resina poliuretana sob diferentes combinações de pressão e temperatura

Juarez Benigno Paes, Shirley Tavares Nunes, Francisco Antônio Rocco Lahr, Maria de Fátima Nascimento, Roberta Maria de Albuquerque Lacerda

Resumo


Os objetivos da pesquisa foram produzir chapas de partículas com resíduos do processamento da madeira de Pinus elliottii coladas com resina poliuretana à base de mamona e avaliar o efeito da combinação da pressão e temperatura na qualidade das chapas produzidas. Para tanto, foram confeccionadas 12 chapas, subdivididas em quatro tratamentos em função da pressão (2,0; 3,0; 3,5; e 3,5 MPa) e temperatura (90; 90; 50; e 60 ºC). Depois de prensadas e climatizadas, as chapas foram seccionadas em corpos de prova, e realizados ensaios físico-mecânicos para determinação da densidade, inchamento e absorção de água (0-2h; 2-24h; e 0-24h); módulo de ruptura e de elasticidade em flexão estática, ligação interna e arrancamento de parafuso. As chapas prensadas com pressão de 3,0 MPa e temperatura de 90ºC e aquelas com pressão de 3,5 MPa e temperatura de 60ºC apresentaram os melhores resultados. A temperatura de prensagem foi a variável preponderante na qualidade das chapas produzidas.


Palavras-chave


aproveitamento de resíduo; madeira aglomerada; adesivo

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS - ABNT - NBR 14810-2. Chapas de madeira aglomerada. Parte 2 – Requisitos. Rio de Janeiro: ABNT, 2002b. 4 p.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS - ABNT - NBR 14810-2. Chapas de madeira aglomerada. Parte 3 – Métodos de ensaio. Rio de Janeiro: ABNT, 2002a. 32 p.

BRITO, E.O. Produção de chapas de partículas de madeira a partir de maravalhas de Pinus elliottii plantado no sul do Brasil. 1995. 123 f. Tese (Doutorado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 1995.

CAMPOS, C. I.; LAHR, F. A. R. Pinus e eucalipto para produção de painéis. Revista da Madeira. Curitiba, v. 21, p. 229 - 232, 2007.

COMMERCIAL STANDARD - CS 236-66. Mat formed wood particleboard. [S.l.], 1968.

DIAS, F. M. Aplicação de resina poliuretana à base de mamona na fabricação de painéis de madeira aglomerada. In: LAHR, F. A. R. Produtos derivados da madeira. São Carlos: EESC/USP, 2008. p. 37-160.

DIAS, N. A. B. et al. Aproveitamento de resíduos de Pinus sp. para a produção de chapas de partículas utilizando resina poliuretana bi-componente à base de óleo de mamona. São Carlos: LaMEM, EESC, USP, 2008.12 p.

DIAS, F. M. et al. Relation between the compaction rate and physical and mechanical properties of particleboards. Materials Research, São Carlos, v. 8, n. 3, p. 329-333, 2005.

IWAKIRI, S. A influência de variáveis de processamento sobre propriedades de chapas de partículas de diferentes espécies de Pinus. 1989. 130 f. Tese (Doutorado em Ciências Florestais) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba,1989.

IWAKIRI, S. et al. Painéis de madeira aglomerada. In: IWAKIRI, S. (Ed.). Painéis de madeira reconstituída. Curitiba: FUPEF, 2005. p.123 - 166.

JUVENAL, T. L.; MATTOS, L. L. G. O setor florestal no Brasil e a importância do reflorestamento. BNDES Setorial, Rio de Janeiro, n. 16, p. 3 - 30, 2002.

KELLY, M. W. Critical literature review of relationship between processing parameters and physical properties of particleboard. Madison: USDA Forest Service, 1977. 66 p. (FPL Report, 10).

MADEIRA TOTAL. Estrutura físico-química da madeira. Disponível em: . Acesso em: 12 de novembro de 2008.

MATOS, J. L. M. Ciclo de prensa em chapas de partículas estruturais “Waferboards”. 1988. 163 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais)–Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 1988.

NASCIMENTO, M. F. Chapas de partículas homogêneas: madeiras do nordeste do Brasil. 2003. 143 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Materiais)–Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos2003.

NOLASCO, A. M. Resíduos da colheita e beneficiamento da caixeta – Tabebuia cassinoides (Lam.) DC.: caracterização e perspectivas. 2000. 212 f. Tese (Doutorado em Ciências da Engenharia Ambiental)–Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Carlos, São Carlos, 2000.

SILVA, S. A. M. Chapa de média densidade (MDF) fabricada com poliuretana mono-componente derivada de óleo de mamona: caracterização por método destrutivo e ultrasom. 2003. 234 f. (Doutorado em Engenharia Agrícola)-Faculdade de Engenharia Agrícola, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2003.

STEEL, R. G. D.; TORRIE, J. H. Principles and procedures of statistic: a biometrical approach. 2nd ed. New York: Mc-Graw Hill, 1980. 633 p.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/198050983812