Anatomia da madeira e casca de espinilho, Acacia caven (Mol.) Mol.

José Newton Cardoso Marchiori

Resumo


São descritos os aspectos anatômicos da madeira e casca de Acácia caven (Mol.) Mol. São apresentados dados quantitativos de 34 caracteres do xilema secundário, bem como fotomicrografias das estruturas anatômicas da madeira e casca. A ausência de septos em fibras, a abundância de parênquima axial e a elevada percentagem de raios com 4 ou mais células de largura, são os caracteres mais importantes na estrutura do lenho. O arranjo das fibras floemáticas em feixes tangenciais regulares, rodeados por séries cristalíferas, é, por sua vez, o aspecto mais notável da casca. Este caráter ainda não havia sido reportado pela literatura anatômica das acácias sul-americanas, e pode ter valor taxonômico em nível infra-genérico.


Palavras-chave


Wood anatomy, bark anatomy, Acacia caven

Texto completo:

PDF

Referências


BARETTA-KUIPERS, T. The wood structure of leguminous tribes: their classification by ray and parenchyma features. For. Prod. Abstr., v. 3, n.8, p.1784, 1980. Resumo.

BARRETA-KUIPERS, T. The anatomy of Leguminosae: its relevance to Taxonomy. In: POLHILL, R. M., RAVEN, P. H. Advances in Legume Systematics. 1981. p.677-715.

BURGER, L. M. Estudo anatômico do xilema secundário de sete espécies do gênero Dalbergia – Leguminosae Faboideae. Curitiba: Universidade Federal do Paraná, 1979. 184p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) – Universidade Federal do Paraná, 1979.

BURKART, A. Leguminosas. In: DIMITRI, M. J. Enciclopédia Argentina de Agricultura y Jardineria. Buenos Aires: Ed. ACME, 1978. Tomo I: 467-538.

BURKART, A. Leguminosae. Colecc. Cient. del INTA, Buenos Aires, v.6, n.3, p.442-743, 1987.

CABRERA, A. L., ZARDINI, E. M. Manual de la flora de los alredores de Buenos Aires. Buenos Aires: ACME, 1978. 766p.

CIALDELLA, A. M. El género Acacia en la Argentina. Darwiniana, v.25, n.1/4, p.59-111, 1984.

COMISION PANAMERICANA DE NORMAS TECNICAS. n.30, p. 1-019, novembro, 1973.

COZZO, D. Anatomia del leño secundario de las leguminosas mimosoideas y caesalpinoideas argentinas ailvestris y cultivadas. Ver. Inst. Nac. Invest. Ci. Nat. C. Bot., v.2, n.2, p.63-290, 1951.

EASAU, K. Anatomia das plantas com sementes. São Paulo, Edgard Blucher, 1974. 293p.

GOMES, A. V., MARCHIORI, J. N. C. Estudo anatômico da madeira e da casca de Prockria crucia L. (Flacourtiaceae). Ciência e Natura, v.8, n.1, p.2-8, 1981.

GUTTIERREZ, J., ARMESTO, J. J. El rol del ganado em la dispersion de las semillas de Acacia caven (Leguminosae). Ciência e Investigacion Agraria, v.8, n.1, p.2-8, 1981.

HOLLEBEN, G. S. von. Metodos de reforestacion com espino Acacia caven (Mol) Hook. et. Arn.) en la zona semi-arida de Chile. Santiago: Universidade de Chile, Escuela de Ingenieria Forestal, 1969. 134p. Tese (Graduação).

HUECK, K. As florestas da América do Sul. São Paulo: Poligono, 1972. 455p.

JOLY, A. B., TEIXEIRA, C. Observações sobre a anatomia da casca do guapuruvú, Schizolobium parahyba (Vell.) Blake. B. Fac. Filos. Ciê. Letras USP, n.244, p.81-100, 1958.

MARCHIORI, J. N. C. Estudo anatômico do xilema secundário e da casca de algumas espécies dos gêneros Acacia e Mimosa, nativas do Estado do Rio Grande do Sul. Curitiba: Universidade Federal do Paraná, 1980. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) – Universidade Federal de Santa Maria, 1980.

MARCHIORI, J. N. C. Estudo anatômico do xilema secundário e da casca de Acacia recurva Benth. (Leguminosae, Mimosoideae). Ciência e Natura, v.4, p.95-105, 1982.

MARCHIORI, J. N. C., GOMES, A. V. Anatomia da madeira e da casca de Casearia rupestris Eich. (Flacourtiaceae). In: CONGRESSO FLORESTAL GAÚCHO, 4, 1980, Nova Prata. Anais... Nova Prata, 1980. p.225-237.

METCALFE, C. R., CHALK. Anatomy of the Dicotyledons. Oxford: Claredon Press, 1972. 1500p.

PARAMESWARAN, N., LIESE, W. Bark anatomy in the genus Entandophragma. Flora, v.158, n.112, p.22-40, 1968.

RAMBO, B. Leguminosae rio-grandense. Pesquisas, Série Botânica, n.23, p.1-166, 1966.

RECORD, S. J., HESS, R. W. Timbers of the New World. New Harven: Yale University Press, 1949. 640p.

ROBBERTSE, P. J., VENTER, G., RENSBURG, H. J. van. The wood anatomy of the South African Acacias. IAWA Bull., v.1, n.3, p.93-103, 1980.

ROTH, I. Caracteristicas estructurales de la corteza de arboles tropicales en zonas húmedas. Darwiniana, v.15, n.1, p.115-127, 1969.

ROTH, I. Estructura anatômica de la corteza de algunas espécies arboreas venezoelanas de Mimosaceae. Acta Botanica Venezuelica, v.12, n.1/4, p.293-355, 1977.

TEIXEIRA, L. L., BURGER, L. M., KARSTEDT, P. Estudos microscópicos do xilema e da casca do gênero Dalbergia, baseados em quatro espécies do sul do Brasil. Arq. J. Bot., v.22, p.115-133, 1979.

TORTORELLI, L. A. Maderas y bosques argentinos. Buenos Aires: ACME, 1956. 910p.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19805098261