Modelos de crescimento resultantes da combinação e variações dos modelos de Chapman-Richards e Silva-Bailey aplicados em Leucaena leucocephala (Lam.) de Wit.

Cícero Carlos Ramos de Brito, José Antonio Aleixo da Silva, Rinaldo Luiz Caraciolo Ferreira, Eufrázio de Souza Santos, Ivan Ferraz

Resumo


O objetivo deste trabalho foi desenvolver novos modelos de crescimento para recursos florestais aplicados à leucena [Leucaena leucocephala (Lam.) de Wit], tendo como base as hipóteses biológicas propostas por Chapman-Richards e Silva-Bailey. O experimento de leucena foi conduzido na Estação Experimental da Empresa Pernambucana de Pesquisa Agropecuária - IPA, Caruaru, PE. Foram utilizadas 544 árvores de leucena de um experimento com vinte remedições realizadas ao longo de 12 anos. Compararam-se novos modelos de crescimento resultantes da combinação e variações dos modelos de Chapman-Richards e Silva-Bailey, bem como outros comumente usados em recursos florestais. Para a seleção das equações, utilizaram-se o Índice de Ajuste (IA), o erro-padrão da estimativa e a distribuição gráfica dos resíduos. Os resultados indicaram que todos os modelos testados se ajustaram de maneira satisfatória aos dados, podendo ser utilizados para se estimar o crescimento em altura da leucena.


Palavras-chave


Recurso florestal; leucena; biometria

Texto completo:

PDF

Referências


BARROS, N.F., SILVA, O.M., PEREIRA, A.R. et al. Análise do crescimento de Eucalyptus saligna em solos do cerrado sob diferentes níveis de N, P e K no vale do Jequitinhonha, MG. IPEF, Piracicaba, n. 26, p.13-17, 1984.

BERTALANFFY, L von. A quantitative theory of organic growth. Human Biology, Detroit, v. 10, p. 181-213, 1934.

BERTALANFFY, L von. Quantitative laws for metabolism and growth. Quaterly Review of Biology, Stony Brook, v. 32, p. 217-231, 1957.

BRITO, C.C.R. Novos modelos de crescimento resultantes da combinação e variações dos modelos de Chapman-Richards e Silva-Bailey aplicados em leucena [Leucaena leucocephala (Lam) de Wit] e tubarão-junteiro (Carcharhinus porosus). Recife, 2005. 138f. Dissertação (Mestrado em Biometria) – Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2005.

CAMPOS, J. C. C. Análise do crescimento e produção em plantações desbastadas. Revista Árvore, Viçosa, v. 4, n. 2, p. 157-169, 1980.

CHAPMAN, D. E. Statistical problems in dynamics of exploited fishering populations. In: BERKELEY SYMPOSIUM ON MATHEMATICAL STATISTIC AND PROBABILITY, 4., 1961. Procededings… Berkeley : University of California Press, 1961. p.153-158.

CLUTTER, J. L., FORTSON, J. C., PIENAAR, L. V. et al. Timber management: a quantitative approach. New York : Jonh Wiley & Sons, 1983. 333p.

CLUTTER, J. L. Compatible growth and yield models for loblolly pine. Forest Science, Bethesda, v. 9, p. 354-371, 1963.

CLUTTER, J. L; JONES, E. P. Prediction of growth after thinning in old-field slash pine plantation. Washington : USDA, 1980. 12p.

EMBRAPA. Sistema brasileiro de classificação de solos. Brasília: EMBRAPA, 1999. 421p.

FEKEDULEGN, D. et al. Parameter estimation of nonlinear growth models in forestry. Silva Fennica, Helsinki, v. 33, n. 4, p. 327-336, 1999.

FRANCE, J.; THORNLEY, J. H. M. Mathematical models in agriculture. London: Butterworks, 1984. 335p.

MACHADO, S. A. Studies in growth and yield estimation for Pinus taeda L. plantations in the State of Parana – Brazil. 1978. 170f. Thesis (Doctor of Philosophy)–University of Washington, Washington 1978.

McTAGUE, J. P. Growth and yield of slash and loblolly pine in the state of Santa Catarina, Brazil. Athens, 1985. 219f. Thesis (Doctor of Philosophy) - University of Georgia, Athens, 1985.

MEUNIER, I. M. J. Crescimento de mudas de Leucaena leucocephala (Lam.) de Wit. em função do uso do composto de resíduo urbano, adubação fosfatada e inoculação com Rhizobium loti. Recife, 1991. 110f. Dissertação (Mestrado em Agronomia, Ciência do Solo) – Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 1991.

PIENAAR, L. V. Quantitative theory of forest growth. Washington, 1965. 167f. Thesys (Doctor of Philosophy) - University of Washington, 1965.

PIENAAR, L. V.; TURNBULL, K. J. The Chapman-Richards generalization of von Bertalanffy’s growth model for basal area growth and yield in even-aged stands. Forest Science, Bethesda, v. 19, p. 2-22, 1973.

PRODAN, M. Forest biometrics. Oxford : Pergamon Press, 1968. 447p.

RICHARDS, F. J. A flexible growth function for empirical use. Journal of Experimental Botany, Oxford, v. 10, p. 290-300, 1959.

SANTOS JÚNIOR, R. C. B. Modelagem matemática na estimativa de crescimento em altura de leucena (Leucaena leucocephala (Lam.) de Wit)., no Agreste de Pernambuco. Recife, 2005. 95f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2005.

SCHNEIDER, P. R. Análise de regressão aplicada à engenharia florestal. 2. ed. Santa Maria: UFSM/CEPEF, 1998. 236p.

SCHLAEGEL, B. E. Testing, reporting, and using biomass estimation models. In: SOUTHERN FOREST BIOMASS WORKSHOP, 1981, Georgetown. Proceedings… Clemson : Clemson University, 1981. 127p. p. 95-112.

SCOLFORO, J. R. Modelos para expressar o crescimento e a produção florestal: Parte 1. Lavras: ESAL/FAEPE, 1994. 182p.

SILVA, J. A. A. Dynamics of stand structure in fertilized slash pine plantations. Athens, 1986. 133f. Thesis (Doctor of Philosophy) - University of Georgia, 1986.

SOUZA, C. M. de. Avaliação do crescimento em altura de leucena Leucaena leucocephala (Lam.) de Wit. no Agreste de Pernambuco, por meio da análise de medidas repetidas. Recife, 2003. 123f. Dissertação (Mestrado em Biometria) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2003.

SPATHELF, P.; NUTTO, L. Modelagem aplicada ao crescimento florestal. Santa Maria: UFSM, 2000. 70p.

TURNBULL, K. J. Population dynamics in mixed forest stands: a system of mathematical models of mixed stand growth and structure. Washington, 1963. 186f. Dissertation (Magister Science) - University of Washington, Washington, 1963.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/198050981949