As exportações brasileiras de manufaturados de madeira.

Rafael de Azevedo Calderon, Humberto Ângelo

Resumo


O presente trabalho trata das exportações brasileiras de madeira serrada de não coníferas, laminados e compensados durante o período de 1961 a 2002. Os dados referentes aos três produtos estudados foram agregados pelo método de Fisher para que pudesse ser feita uma avaliação econométrica do mercado dos três produtos. Foram especificados modelos de oferta e demanda das exportações brasileiras e estas estimados pelo método de Mínimos Quadrados Ordinários (MQO). Os resultados foram satisfatórios e condizem com a literatura. A oferta de exportações apresentou uma resposta positiva em relação à remuneração do exportador, à produção, à utilização da capacidade instalada e à tendência, e negativo em relação à demanda interna. A demanda pelas exportações brasileiras foi positivamente influenciada pela renda mundial, índice de participação e tendência, e negativamente pelo preço relativo. A baixa elasticidade-preço da demanda encontrada pode ter implicações na conservação dos recursos florestais brasileiros, pois os exportadores poderão aumentar os preços, diminuir as quantidades e ainda terem um aumento das receitas.


Palavras-chave


exportações; manufaturados de madeira; econometria

Texto completo:

PDF

Referências


ÂNGELO, H. Custo social das exportações brasileiras de madeiras tropicais na floresta amazônica. Revista Árvore, Viçosa, v. 22, n. 4, p. 483-494, 1998.

ÂNGELO, H.; HOSOKAWA, R.T.; BERGER, R. O Brasil no mercado internacional de madeiras tropicais. Revista Árvore, Viçosa, v. 22, n. 4, p. 483-494, 1998.

ÂNGELO, H.; SILVA, D.A. As exportações brasileiras de mogno (Swietenia macrophilla, King). Revista Árvore, Viçosa, v. 22, n. 1, p. 113-121, 1998.

BRASIL, A.A. As exportações brasileiras de painéis de madeira. 2002. 74p. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) – Setor de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2002.

COCRANE, D.; ORCUTT, G. H. Application of least squares regressions to relationships containing autocorrelated error terms. Journal of the American Statistical Association, v. 44, p. 32-61, 1949.

FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION OF THE UNITED NATIONS. FAO Statistical Database. Disponível em : < http://www.fao.org >. Acesso em : nov. 2004.

GUJARATI, D. N. Econometria básica. São Paulo : Pearson Education do Brasil, 2000, 846 p.

IPEADATA. Instituto de Pesquisa econômica Aplicada. Título. Disponível em: Acesso em: nov. 2004.

RAIMUNDO, Y. M. Análise das exportações brasileiras de madeira serrada e painéis à base de madeira no período de 1961 a 1999. 2001. 141p. Dissertação (Mestrado em Economia Aplicada) – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Piracicaba, 2001.

WYZYKOWSKI, J.; ALMEIDA, C.O. Oferta e demanda de manga brasileira no mercado internacional – 1980 a 1999. Magistra, Cruz das Almas, v. 14, n. 2, p. 115-122, 2002.

ZINI JR, A. A. Funções de exportação e de importação para o Brasil. Pesquisa Planejamento Econômico, Rio de Janeiro, v. 18, n. 3, p. 615-662, 1988.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/198050981891

Licença Creative Commons