COMPOSIÇÃO NUTRICIONAL DE PROCEDÊNCIAS E PROGÊNIES DE ERVA-MATE (Ilex paraguariensis St. Hil.) CULTIVADAS EM LATOSSOLO VERMELHO DISTRÓFICO

Elaine Vivian Oliva, Carlos Bruno Reissmann, Sergio Gaiad, Edilson Batista de Oliveira, José Alfredo Sturion

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/1980509816577

Ilex paraguariensis St. Hil. é uma espécie florestal de grande importância socioeconômica para os estados sulinos do Brasil. Objetivou-se com a presente pesquisa, avaliar o estado nutricional de procedências (Ivaí-PR e Barão de Cotegipe-RS) e suas respectivas progênies em Latossolo Vermelho distrófico, no município de Ivaí – PR. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso, com quatro repetições, tendo como tratamento duas procedências e cinco progênies. Analisaram-se os macronutrientes, micronutrientes, Al e Na. Os teores foliares de N, P, K, Ca e Mg foram considerados satisfatórios, sendo que os nutrientes N, P, Ca e Mg apresentaram diferença significativa para ambas as procedências analisadas. Dentro das procedências, as progênies de Ivaí, destacaram diferença significativa para os nutrientes N, P, K, Ca e Mg. Porém, para as progênies de Barão de Cotegipe, constatou-se diferença significativa apenas para os teores de Ca e Mg. Para as duas procedências, os teores foliares de Fe, Cu e Mn foram considerados satisfatórios. A concentração de Zn foi considerada baixa e a de B elevada. Os teores de Al foram considerados normais para a espécie. Quanto ao Na, não se observou diferença significativa entre procedências. Os teores de Zn, Fe, Cu, bem como de Al e Na, diferiram estatisticamente entre as progênies de Barão de Cotegipe e Ivaí. A procedência de Ivaí apresentou teores mais elevados tanto de macro como de micronutrientes, comparativamente à procedência de Barão de Cotegipe, indicando que um programa de melhoramento genético poderá refletir significativamente na melhoria da qualidade da erva-mate com fins de qualidade nutricional humana. Comparando as médias do peso da massa verde das procedências, há ganho significativo da copa da procedência de Barão de Cotegipe, o que não é acompanhado pelo peso da massa seca de 100 folhas.


Palavras-chave


análise química; nutrição de plantas; progênies

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, C. A.; FERREIRA, M. E; BORKERT, C. M. Disponibilidade e avaliação de elementos catiônicos: zinco e cobre. In: FERREIRA, M.E; CRUZ, M.C. P. da; RAIJ, B. van.; ABREU, C. A. Micronutrientes e elementos tóxicos na agricultura. Jaboticabal: CNPq/FAPESP/POTAFOS, 2001. p. 125 - 150.

ALLOWAY, B. J. Zinc in soils and crop nutrition. 2004. 116 p. Disponível em: < (http://www.zinc-crops.org/Crops/Alloway-all.php) >. Acesso em: 20 de Junho de 2007.

AMBERGER, A. Pflanzenernährung. Stuttgart: Verlag Eugen Ulmer. 1988. 264 p.

BORILLE, A. M.; REISSMANN, C. B.; FREITAS, R. J. S. Relação entre compostos fotoquímicos e o N em morfotipos de erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil). B. CEPPA, Curitiba, v. 23, n. 1. p. 183-198, jan./jun. 2005.

BRONDANI, G.E. et al. Distribuição de N P K em um povoamento de Ilex paraguariensis A. St. Hil. Floresta, Curitiba, v.38, n.2, p.267-275, abr./jun. 2008.

BORSOI, G. A., COSTA, E. C. Avaliação nutricional de plantas de erva-mate atacadas e não atacadas pelo Hedypathes betulinus (Klug, 1825). Ciência Florestal, Santa Maria, v. 11, n. 2, p. 131-142, 2001.

CALDEIRA, M. V. W. et al. Quantificação da biomassa acima do solo de Acacia mearnsii de Wild., procedência Batemans bay – Austrália. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 11, n. 2, p. 79-91, 2001.

CARNEIRO, C; REISSMANN, C.B.; MARQUES, R. Comparação de Métodos de Análise Química de K, Ca, Mg e Al, em folhas de erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil.) Revista Cerne, Lavras, v.12, n.2, p.113 -122, abr./jun. 2006.

CHENERY, E. M.; SPORNE, K. R. A note on the evolutionary status of aluminium-accumulators among dycotiledons. New Phytologist, EUA, v. 76, n.3, p.551-554, jan./mar. 1976.

COELHO, G.C. et al. Efeito do sombreamento sobre a sobrevivência, morfologia e química da erva-mate. In: CONGRESSO SUL-AMERICANO DE ERVA-MATE, 2; REUNIÃO TÉCNICA DA ERVA-MATE, 3, 2000. Anais... Porto Alegre, Ed. Dos Organizadores, 2000. p. 396-399.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIÊNCIA DO SOLO. COMISSÃO DE QUÍMICA E FERTILIDADE DO SOLO – RS/SC. Manual de adubação e calagem para os Estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. 10 ed., Porto Alegre: SBCS, Comissão de Química e Fertilidade do Solo, 2004. 394 p.

COSTA, R. B. da. et. al. Avaliação genética de indivíduos de erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil.) na região de Caarapó, MS, pelo procedimento REML/BLU. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 15, n. 4, p. 371-376, Nov. 2005.

DECHEN, A. R.; HAAG, H. P.; CARMELLO, Q. A. C. Avaliação do estado nutricional da planta e disponibilidade no solo. In: FERREIRA, M.E.; CRUZ, M.C.P (Ed.). Micronutrientes na agricultura. Piracicaba: POTAFOS/CNPq, 1991. p. 65-78.

DECHEN, A. R.; NACHTIGAL, G. R. Micronutrienes. In: FERNANDES, M. S. (Ed.), Nutrição Mineral de Plantas. Viçosa:SBCS, 2006. p.327-354.

DUCAT, G.; QUINÁLIA, S. P. Avaliação do teor de minerais da Ilex paraguariensis da região Centro-Oeste do Estado do Paraná. Revista Ciências Exatas e Naturais, Unicentro, v. 6, nº 1, 31-42 p, jan/jun 2004.

EMBRAPA Serviço nacional de levantamento e conservação do solo: Manual de métodos e análise de solos. Rio de Janeiro, 1979. 650 p.

EPSTEIN, E.; BLOOM, A. J. Nutrição Mineral de Plantas: princípios e perspectivas. Ed. Londrina: Planta, 2006. 403 p.

FIEDLER,H. J.; NEBE, W.; HOFFMANN, F. Forstliche Pfanzenernährung and Düngung. Stuttgart: Gustav Fischer Verlag, 1973, 481p.

FLOSS, P. A. Programa de melhoramento genético da erva-mate na EPAGRI. In: CONGRESSO SUL-AMERICANO DA ERVA-MATE, 1. REUNIÃO TÉCNICA DO CONE SUL SOBRE A CULTURA DA ERVA-MATE, 2. Anais... Colombo:EMBRAPA-CNPF, 1997. p. 279.

FOSSATI, L.C.; REISSMANN, C.B. Avaliação do estado nutricional e da produtividade de Ilex paraguariensis St. Hil. (erva-mate), em função do sitio. In: CONGRESSO SUL-AMERICANO DA ERVA-MATE, 1.; REUNIÃO TÉCNICA DO CONE SUL SOBRE A CULTURA DA ERVA-MATE, 1., 1997, Colombo. Anais... Colombo:Embrapa-CNPF, 1997.

FOSSATI, L. C. Avaliação do estado nutricional e da produtividade da erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil.) em função do sítio e da dioicia. 1997. 113 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba.

GREGIANINI, T. S.; WINGE, H. Variabilidade de proteínas de reserva em populações naturais de erva-mate (Ilex paraguariensis A. St. Hil., Aquifoliaceae). In: II CONGRESSO SUL-AMERICANO E III REUNIÃO TÉCNICA DA ERVA-MATE, 2000, Porto Alegre: Edição dos organizadores, 2000. p. 373 – 380.

GREIZERSTEIN, E. J. et al. Espécies de Ilex Del Cono Sur: Estúdios Citogenéticos y de Electroforesis de Proteínas. In: 2 Congresso Sul-Americano da Erva-mate, 2.; Reunião Técnica da Erva-mate, 3. Encantado. Anais... Porto Alegre: Edição dos Organizadores, 2000. p. 116-120.

GUPTA, U.C. Micronutrientes e elementos tóxicos em plantas e animais. In: FERREIRA, M.E.; CRUZ, M.C.P.; RAIJ, B. VAN; ABREU, C.A. Micronutrientes e elementos tóxicos na agricultura. Jaboticabal: CNPq/FAPESP/POTAFOS, 2001. p. 13-42.

HARIDASAN, M. Nutrição mineral de plantas nativas do Cerrado. Revista Brasileira de Fisiologia Vegetal. São Paulo. v. 12, n. 1, p. 54 -64, Nov. 2000.

HARIDASAN, M. ARAÚJO, G.M. Perfil nutricional de espécies de duas florestas semidecíduais em Uberlândia, MG. Revista Brasileira de Botânica. São Paulo. v. 28. n. 2, p. 295 – 303, abr./jun. 2005.

HARIDASAN, M. Aluminium accumaliton by some cerrado native species of central Brazil. Plant and Soil. London, v. 65. n.2, p. 265 – 273, 1982.

IAPAR. Cartas climáticas básicas do Estado do Paraná. Londrina: Fundação Instituto Agronômico do Paraná, 1994. 49 p. (Documentos; 18).

IBGE, Produção da extração vegetal e silvicultura, v. 24, 2009. 42 p. Disponível em < (http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/pevs/2009/pevs2009.pdf) > Acesso em: 02 de outubro de 2011.

JONES JR, J. B.; CASE, V. W. Sampling, hadling and analyzing plant tissue samples. In: WESTERMANN et al. Soil testing and plant analysis. 3ª Ed. (EDS). SSSA, Book Series. 1990, 389-420 p.

JONES JUNIOR, J. B. Plant Nutrion Manual. Boca Raton:CRC, 1998, 149 p.

JONES JUNIOR, J. B.; CASE, V.W. Sampling handling, and analyzing plant tissue samples. In: WESTERMAN et al (eds) Soil testing and plant analysis. Madison:SSSA Book Series, 1990. 427 p.

KASEKER, J. F. et al. Análise química foliar compartimentada em folhas e talos de morfotipos e procedências de erva-mate. In: XXIX Reunião Brasileira de Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas; XIII Reunião Brasileira sobre Micorrizas; XI Simpósio Brasileiro de Microbiologia do Solo; VIII Reunião Brasileira de Biologia do Solo. Guarapari – ES. Anais... 2010. CD ROM.

MA, J. F.; RYAN, P. R.; DELHAIZE, A. Aluminium tolerance in plants and the complexing role of organic acids. TrendsPlant Science, London, v.6, n.6, p.273-278, jun. 2001.

MACCARRI JUNIOR, A; MAZUCHOWSKI, J. Z. Produtos alternativos e desenvolvimento da tecnologia industrial na cadeia produtiva da erva-mate. Câmara setorial da cadeia produtiva da erva-mate /MCT /CNPQ /Projeto PADCT – Erva-mate. Curitiba – Paraná, 160 p. 2000.

MALAVOLTA, E. Elementos de nutrição mineral de plantas. São Paulo:Agronômica Ceres, 1980. 251 p.

MALAVOLTA, E.; VITTI, G. C.; OLIVEIRA, S.A. Avaliação do estado nutricional das plantas: princípios e aplicações. Piracicaba: Ed. Associação Brasileira para Pesquisa da Potassa e do Fosfato, 1997. 319 p.

MARTINS, A.P.L; REISSMANN, C.P. Material Vegetal e Rotinas Laboratoriais nos procedimentos químicos-analíticos. Scientia Agrária, Curitiba, v.8, n.1, p. 1-17, 2007.

OLIVEIRA, Y.M.M. de; ROTTA, E. Área de distribuição natural de erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil). In: SEMINÁRIO SOBRE ATUALIDADES E PERSPECTIVAS FLORESTAIS – SILVICULTURA DA ERVA-MATE 10. 1985. Anais. Curitiba, EMBRAPA/CNPF, 1985. p. 17 – 35.

PANDOLFO, C. M.; FLOSS, P. A.; CROCE, D. M. da; MITTRICH, R. C. Resposta da erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil.) à adubação mineral e orgânica em um latossolo vermelho aluminoférrico. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 13, n. 2, p. 37-45, nov. 2003.

PENLAND, G. Dictory Boron, Brain Function and Cognitive Performance. Enviromental Health Perspectivas, North Dakota, v.102, n. 7, nov. 1994.

PERKIN-ELMER. Analytical methods of atomic absorption spectrophotometry: analytical methods agriculture: section AYII:analysis of feeds-norwalk. Perkin: Elmer Corporation, 1976.476 p.

PEREIRA, J. C. et al. Estimativa do conteúdo de nutrientes em um povoamento de Acácia mearnsii De Wild. no Rio Grande do Sul – Brasil. Revista Árvore, Viçosa-MG, v.24, n.2, p.193-199, jan./fev. 2000.

RACHWAL, M.F. et. al. Influência da luminosidade sobre os teores de macronutrientes e taninos em folha de erva-mate. In: CONGRESSO SUL-AMERICANO DE ERVA-MATE, 2; REUNIÃO TÉCNICA DA ERVA-MATE, 3, 2000, Porto Alegre. Anais...: Ed. Dos Organizadores: Porto Alegre, 2000. p.417- 420

RADOMSKI, M. I.; SUGAMOSTO, N. F. B.; CAMPIOLO, S. Avaliação dos teores de macro e micronutrientes em folhas jovens e velhas de erva-mate nativa. Revista do Instituto Florestal, São Paulo, v. 4, p. 453-456, mar. 1992.

REISMANN, C. B; RADOMSKI, M. I e QUADROS, R. M. B. Relação entre os teores totais e hidrossolúveis dos elementos K, Ca, Mg, Fe, Mn, Cu, Zn e Al em folhas de erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil). Arquivos de Biologia de Tecnologia, Curitiba, v.37, n.4. p. 959-971, 1994.

REISSMANN, C. B. et al. Níveis foliares e exportação de micronutrientes pela exploração da erva-mate. Revista do Setor de Ciências Agrárias, Curitiba, v.9, p.103-106, 1987.

REISSMANN, C. B.; ROCHA, H.O. DA e KOEHLER, C. W. Bioelementos em folhas e hastes de erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil.) sobre cambissolo na região de Mandirituba – PR. Curitiba. Revista Floresta, Curitiba, v.14, n. 2. p. 49-54, 1983.

REISSMANN, C.B. et al. Production and foliar N, P, K, Ca and Mg levels in erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil.) related to increasing base saturation levels. Arq. Biol. Tecnol, Curitiba, v.40, n.1, p.241-249, 1997.

REISSMANN, C.B.; RADOMSKI, M.I.; QUADROS, R.M.B de. Chemical composition of Ilex paraguariensis St. Hil. under different management conditions in seven localites of Paraná State. Brazilian Archives of Biology and Technology, v. 42, n. 2, p.187-194, 1999.

REISSMANN, C.B; CARNEIRO, C. Crescimento e Composição química de erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil.), transcorridos oito anos de calagem. Floresta, Curitiba, v. 34. n.3, p. 381-386, set./dez. 2004.

REISSMANN, C.B. et al. Calibração preliminar de Fe e Mn em erva-mate utilizando a análise foliar e extração do solo com ácido cítrico 1% e ácido clorídrico 1 mol L-1. In: CONGRESSO SUL AMERICANO DE ERVA-MATE, 3; FEIRA DO AGRONEGÓCIO DA ERVA-MATE, 1, 2003, Chapecó. Anais... Ed. News Print, 2003. CD ROM.

REISSMANN, C.B. et al. Bio-elementos em folhas e hastes de erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil) sobre cambissolos na região de Mandirituba-PR. Revista Floresta, Curitiba, v. 16, n.2., p. 49-54, 1983.

REISSMANN, C. B.; ZÖTTL, H. W. Problemas nutricionais em povoamentos de Pinus taeda em áreas de arenito da formação Rio Bonito – Grupo Guatá. Revista do Setor de Ciências Agrárias, Curitiba, v.9, p. 75-80, 1987.

RESENDE, M. D. V. et al. Programa de melhoramento da erva-mate coordenado pela Embrapa: resultados da avaliação genética de populações, progênies, indivíduos e clones. Circular Técnica, Colombo, n.43, 2000.

RESENDE, M.D.V.; STURION, J.A, MENDES, S. Genética e melhoramento da erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil). Colombo: EMBRAPA- CNPF, 1995. 33 p.

RIBEIRO, M. M.; REISSMANN, C.B.; CORRÊA, D.R. Nutrição da erva-mate com Sulfato de Amônio. Cerne, Lavras, v. 14, nº. 3, p. 204 – 211, 2008.

ROBASSA, J.C.; REISSMANN, C.B.; MACCARI JUNIOR, A. Teores de Fe, Mn, Cu e Zn em três morfotipos de erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil.). In: CONGRESSO SUL-AMERICANO DA ERVA-MATE, 3. FEIRA DO AGRONEGÓCIO DA ERVA-MATE, 1, 2003,Chapecó. Anais... 2003. CD ROM.

RODIGHERI, H. R.; DOSSA, D.; VIELCAHUAMAN, L. J. M. Cultivo da Erva-Mate: Importância Socioeconômica e Ambiental. Embrapa/Florestas. 2005. Disponível em < (http://sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br/FontesHTML/Erva-mate/CultivodaErvaMate/01_importancia_socioec.htm) > Acesso em: 03 de outubro de 2011.

SANTIN, D. Produtividade, teor de minerais, cafeína e teobromina em erva-mate adensada e adubada quimicamente. 2008. 114 p. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba.

SILVA, F. C. Manual de análises químicas de solos, plantas e fertilizantes. Brasília: Embrapa Solos, 1999. 370 p.

SOSA, A. D. Evaluación de la production de yerba mate em relacion al estado nutricional suelo/planta. In: CURSO DE CAPACITACION EN LA PRODUCION DE YERBA MATE, 1., 1992, Cerro Azul. Anais... Cerro Azul: INTA, 1994. p. 61-64.

ULRICH, A.; HILLS, F. J. Plant analysis as na aid in sugarbeet. In: WESTERMANN et al. Soil Testing and Plant analysis. Madison:SSSA Book Series, 1990. 446 p.

VAN DER DRIESSCHE, R. Nutrient Storage, retranslocation and relation ship of stress to nutrition. In: NUTRITION OF PLANTATION FOREST, 1984,Londres. Anais… Academic Press/Bowen, 1984. p. 181-209.

VOGEL, H. L. M., SCHUMACHER, M. V., TRÜBY, P. Quantificação da biomassa em uma floresta estacional decidual em Itaara, RS, Brasil. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 16, n. 4, p. 419-425, outt./dez. 2006.

WINGE, H. Conservação genética da erva-mate no Brasil. In: CONGRESSO SUL-AMERICANO DA ERVA-MATE E,1; REUNIÃO TÉCNICA DO CONE SUL SOBRE A CULTURA DA ERVA-MATE, 2, Curitiba. Anais... EMBRAPA, 1997. p 211 -223.

WISNIEWSKI, C. et al. Exportação de biomassa e macronutrientes com a primeira poda de formação da erva-mate na região de Pinhais – PR. Revista do Setor de Ciências Agrárias, Curitiba, v.15, p.179-186, 1996.

ZAMPIER, A.C. Avaliação dos níveis de nutrientes, cafeína e taninos após adubação mineral e orgânica e sua relação com a produtividade na erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil). In: CONGRESSO SUL-AMERICANO DA ERVA-MATE, 3. FEIRA DO AGRONEGÓCIO DA ERVA-MATE, 1, 2003, Chapecó. Anais... 2003. CD-ROM.

ZONTA, E. P; MACHADO, A. A. Sistema de Análise Estatística (SANEST) para microcomputadores. Simpósio de Estatística aplicada à Experimentação Agronômica 1, 1985, Piracicaba. Anais. Reunião Anual da Região Brasileira da Sociedade Internacional de Biometria. Piracicaba. Campinas: Fundação Cargil. 1985. p.91-99.

ZÖTTL, H.M. Diagnosis of nutricional disturbances in Forest stands. In: FAO/IUFRO. International Symposium on Forest Fertilization. 1973, Paris. Anais...Paris: Ministére de l'Agriculture, 1973. p. 75-95.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509816577