A Comunicação Cindida

Samuel Mateus

Resumo


Etimologicamente “comunicação” significa o acto pelo qual algo se torna comum. O problema da comunicação reside no modo como é partilhada e nos objectivos com que é utilizada. A teoria da comunicação surge na modernidade justamente quando o conceito sofre uma ruptura e se divide em dois paradigmas de compreensão: por um lado, um paradigma relacional, substantivo, socio-antropológico; por outro lado, um paradigma transmissivo advindo da tecnologização. Entre um e outro sobrepõe-se a distância que vai da mediação à mediatização. Este artigo procura identificar e caracterizar os dois paradigmas históricos de entendimento da comunicação com vista a separar uma teoria da informação de uma teoria da comunicação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/217549772371

 

Apoio

Universidade Federal de Santa Maria

Programa de Pós-graduação em Comunicação
ANIMUS - Revista Interamericana de Comunicação Midiática

e-mail: revistaanimus@ufsm.br

Classificação Qualis-CAPES 2015: B1

Temática classificada CNPQ: Comunicação: 6.09.00.00-8

DOI: 10.5902/21754977

Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 


Indexada em: