Experiência. Revista Científica de Extensão https://periodicos.ufsm.br/experiencia <p style="text-align: justify;">A revista científica <strong>Experiência</strong>, ISSN 2447-1151, editada e publicada pela Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal de Santa Maria, promove a reflexão interdisciplinar sobre as interações dialógicas entre Universidade e outros setores da sociedade. Constitui-se em espaço para o debate sobre os processos educativos, culturais e científicos intrínsecos ao trabalho de Extensão e sua indissociável articulação com o Ensino e a Pesquisa. </p> Universidade Federal de Santa Maria pt-BR Experiência. Revista Científica de Extensão 2447-1151 Prefácio https://periodicos.ufsm.br/experiencia/article/view/70278 Profª, Drª Cláudia Bomfá - Editora responsável Copyright (c) 2022 http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-05-09 2022-05-09 8 1 Apontamentos sobre comunidades de povos tradicionais na faixa de fronteira Brasil-Uruguai realizados no âmbito do Projeto de Extensão “Corredores Culturais” https://periodicos.ufsm.br/experiencia/article/view/68916 <p>O presente trabalho busca trazer relatos de experiência, observações e apontamentos realizados no âmbito do Projeto de Extensão “Corredores Culturais”, desempenhado pelo Programa de Extensão Núcleo Interdisciplinar de Interação Jurídica Comunitária/Residência – NIIJuC/R, da UFSM nos anos de 2020 e 2021. O projeto possuía como público-alvo a população de duas comunidades quilombolas e uma aldeia indígena, localizadas no município de Aceguá/RS, cidade “gêmea” que encontra-se na linha divisória entre o Brasil e o Uruguai, marcadas por características transfronteiriças específicas da região. No decorrer dos trabalhos foram realizadas observações acerca da efetividade das legislações, acordos internacionais e políticas públicas atinentes aos imigrantes uruguaios, e da autodeterminação como quilombola. Verificou-se que os dispositivos existentes possuem efetividade parcial, bem como falta conhecimento e motivação dos poderes locais para a concretização da cooperação transnacional.</p> José Luiz de Moura Filho Gabriel de Oliveira Soares Copyright (c) 2022 http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-05-09 2022-05-09 8 1 Expediente https://periodicos.ufsm.br/experiencia/article/view/70279 Profª, Drª Cláudia Bomfá - Editora responsável Copyright (c) 2022 http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-05-09 2022-05-09 8 1 MISSÃO DE PAZ, MISSÃO HUMANITÁRIA, MISSÃO DIPLOMÁTICA; E A MISSÃO PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO HAITI? https://periodicos.ufsm.br/experiencia/article/view/69634 <p>Além de histórico político controverso, o Haiti tem sofrido catástrofes naturais devastadoras. Neste último caso, muitas missões (de paz, humanitárias, diplomáticas) foram realizadas. Porém, poucos avanços na realidade socioeconômica são observados. Neste sentido,&nbsp;celebrou-se&nbsp;convênio&nbsp;entre o Laboratório de Mecanização Agrícola da Universidade Estadual de Ponta Grossa (Lama/UEPG) e a Universidade de Fondwa (UniF), buscando desenvolvimento rural sustentável.&nbsp;Ocorreram&nbsp;duas visitas técnicas ao Haiti e uma da UniF ao&nbsp;Brasil.&nbsp;As sugestões de ensino, pesquisa e ações de ATER foram construídas de forma participativa.<strong>&nbsp;</strong>Foram&nbsp;realizadas palestras, minicursos, oficinas junto a acadêmicos e camponeses, além de disciplinas como Extensão Rural (que não constava na grade de Agronomia).&nbsp;Foi planejado e executado evento discente de pesquisa e extensão. Com diversas ações discutidas, muitas implementadas,&nbsp;ficaram evidentes mudanças&nbsp;conceituais e comportamentais por parte&nbsp;dos discentes.</p> Guilherme Pedrollo Mazer Jaime Alberti Gomes Ludsonde Lafontant Carlos Hugo Rocha Nátali Maidl de Souza Pedro Henrique Weirich Neto Copyright (c) 2022 http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-05-09 2022-05-09 8 1 Regularização Migratória: auxílio a imigrantes venezuelanos no sul do Brasil https://periodicos.ufsm.br/experiencia/article/view/69103 <p>Em razão da crise que se instalou na Venezuela, o Brasil permitiu que os venezuelanos buscassem refúgio, oferecendo residência temporária e possibilitando que os imigrantes pudessem inserir-se na sociedade. Desta forma, os venezuelanos precisam realizar algumas solicitações formais aos órgãos competentes do Brasil para regularizar a permanência no país. Neste sentido, o Núcleo do Projeto Rondon da [Nome excluído em razão do sigilo] em parceria com a Cáritas Diocesana de [Nome excluído em razão do sigilo] propôs fornecer auxílio a estes imigrantes, facilitando assim a regularização de muitas famílias. Por meio dessa parceria os acadêmicos voluntários do Núcleo contribuem, auxiliando no processo de regularização migratória de várias famílias venezuelanas. No ano de 2021 foram realizados 59 atendimentos, com pedidos de autorização de residência, refúgio e alteração cadastral. Destes 38 já obtiveram seus documentos e 21 ainda aguardam a tramitação para emissão dos mesmos. A atividade de regularização migratória desenvolvida pelo Núcleo do Projeto Rondon traz esperança aos venezuelanos para que iniciem uma nova vida em nosso país.</p> Cristian Neves dos Santos Cinara Fontoura Dorneles Machado Diulia Marceli Binelo Valeska Martins Copyright (c) 2022 http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-05-09 2022-05-09 8 1 CulinArtes - Cultura e Resiliência: Do meio digital às conexões humanas https://periodicos.ufsm.br/experiencia/article/view/68923 <p>O presente artigo tem como objetivo apresentar a experiência do projeto CulinARTES - Cultura e Resiliência, realizado no ano de 2020 por professores e estudantes da Universidade Federal de São Carlos, como uma estratégia para incentivo à permanência de estudantes indígenas e estrangeiros durante a pandemia COVID-19. O projeto foi realizado em duas etapas. Na primeira, foi produzido o material do livro de receitas, a partir de encontros síncronos em grande grupo e em pequenos grupos, e atividades assíncronas para elaboração do conteúdo de forma individualizada. Na segunda etapa do projeto o grupo teve a oportunidade de concluir a produção do livro de receitas de forma colaborativa. A partir desta experiência, foi possível ampliar a discussão a respeito da interculturalidade, afetividade, bem estar, pertencimento e, também, as diferentes realidades enfrentadas por acadêmicos estrangeiros e indígenas durante este período.</p> Beatriz Cristina Antunes Silva Angelica Maria Bossa Lozano Guanilce Soares Claudilene Pedrosa Caldas Larissa Martini Copyright (c) 2022 http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-05-09 2022-05-09 8 1 Promoção e Proteção de Direitos Humanos de Migrantes e Refugiados: Fundamentos teórico-práticos do Migraidh da UFSM https://periodicos.ufsm.br/experiencia/article/view/68902 <p><span style="font-weight: 400;">Instituído em 2013 no âmbito da Universidade Federal de Santa Maria, o Migraidh, Direitos Humanos e Mobilidade Humana Internacional, fundamenta sua atuação teórico-prática no reconhecimento do direito humano de migrar, do sujeito e do sujeito de direitos e pressupõe as migrações internacionais como um “fato social total”. Estruturadas psicossocialmente no campo da exclusão/negação constitutiva do Estado-nação, da subjetividade humana e das instituições sociais, as migrações internacionais representam um dos grandes desafios de direitos humanos. O presente texto aborda a atuação teórico-prática do Migraidh, apoiada na metodologia do “Encontro com o Outro” de inspiração freiriana como “busca cognoscente”, do reconhecimento, e as implicações nas respostas práticas situadas nas duas dimensões: político-jurídica e psicossocial.</span></p> Giuliana Redin Copyright (c) 2022 http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-05-09 2022-05-09 8 1 Avaliação da Qualidade dos Serviços Prestados pela UFSM aos Estudantes Imigrantes e Refugiados https://periodicos.ufsm.br/experiencia/article/view/68887 <p align="justify"><span style="color: #000000;"><span style="font-family: Open Sans, serif;"><span style="font-size: small;">O ato de migrar tem impacto na sociedade e exige o fornecimento de suporte para suprir as necessidades e atender os direitos humanos dessas pessoas. Vários relatórios que envolvem construção sólida estão sendo desenvolvidos e colocados em prática, com vistas a solucionar as questões decorrentes da mobilidade humana. Nesse sentido, esse tema é uma discussão central e atual em todo o mundo, desde que está relacionado a todas as esferas que constituem uma sociedade. Em especial, no Brasil, evidencia-se que as universidades possuem um papel fundamental no acolhimento desse público. No Rio Grande do Sul, destaca-se a Universidade Federal de Santa (UFSM), que tem desenvolvido várias práticas de extensão voltadas a atender as populações de imigrantes e refugiados. Com base nisso, objetivou-se com essa pesquisa avaliar a satisfação dos estudantes imigrantes e refugiados que compõem o corpo discente da UFSM em relação aos serviços prestados pela mesma a este público. Os resultados obtidos são apresentados e discutidos, bem como, sugestões de melhorias no atendimento de alunos imigrantes e refugiados por parte da UFSM são fornecidas. </span></span></span></p> Fernando de Jesus Moreira Junior Murilo Sagrillo Pereira Patrícia Loreto Schardong Pierre Louis Termidor Tatiane Fontana Ribeiro Copyright (c) 2022 http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0 2022-05-09 2022-05-09 8 1