A ESTRUTURA DE CAPITAL E O VALOR DA EMPRESA

Hermeto Jung Junior

Resumo


Embora tenham-se iniciado ainda em meados século XX, ascontrovérsias científicas sobre o problema da estrutura de capital dasempresas encontra-se longe do seu término. A forma pela qual a empresa éfinanciada influencia de alguma maneira seu valor? Se a resposta é negativa,por que diferentes organizações escolhem diferentes estruturas de capital? Sea resposta é positiva, com qual magnitude as proporções das dívidas e docapital próprio afetam o valor da empresa? Para tentar responder a essas eoutras questões relevantes, surgiram vários modelos e teorias ao longo tempo.Os modelos teóricos apresentados e discutidos não chegam a um consensosobre qual seria a estrutura ideal de capital. Contudo, concordam no sentido deque quanto maior endividamento maior será a exigência de retorno por partedos acionistas. Neste artigo apresenta-se um breve resumo das teoriasexistentes sobre a estrutura de capital e a sua influência no valor dasempresas, aplicando-se um estudo de correlação entre as duas variáveisdemonstrando até que ponto ela determina o valor de uma empresa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/198109466239

Apontamentos

  • Não há apontamentos.