A OPÇÃO PELO SIMPLES OU LUCRO REAL: UM ESTUDO DE CASO

Felipe Tavares Milach, Germano Schneider, Ismael Paulo Heissler, Iuri Soares de Ávila, Otília Denise Jesus Ribeiro

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo verificar por quais motivos umaempresa que preenche todas as características exigidas pela lei não adere aoSistema SIMPLES de tributação. Utilizou-se como método de pesquisa oestudo de caso, realizado em uma distribuidora de bebidas localizada nacidade de Lajeado-RS. Inicialmente foi apurado o imposto devido pela empresacom a utilização do SIMPLES. Em seguida foi calculado o imposto devido coma apuração realizada pelo sistema do Lucro Real. O comparativo entre omontante de impostos devidos pelas duas formas de tributação apontou que amelhor opção era o Lucro Real. A razão principal para essa peculiaridade é achamada substituição tributária que ocorre no ramo de bebidas. Verificou-seainda que fatores como a baixa margem de lucro obtida e o pequeno númerode funcionários da empresa também colaboraram para os resultadosencontrados.

Texto completo:

Sem título


DOI: https://doi.org/10.5902/198109465992

Apontamentos

  • Não há apontamentos.