https://periodicos.ufsm.br/ccomunicacao/issue/feed Cadernos de Comunicação 2022-03-25T16:51:09-03:00 Cristina Marques Gomes cristina.m.gomes@ufsm.br Open Journal Systems <p style="text-align: justify;">O Periódico <strong>Cadernos de Comunicação</strong>, existente desde 1996, está associado ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação (POSCOM) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e tem como Foco a publicação de pesquisas da área de Comunicação e correlatas, tanto pela perspectiva teórica como empírica. É direcionado aos pesquisadores em formação e titulados a partir de cinco seções claramente definidas (Artigos livres; Dossiês Temáticos; Comunicação de Resultados de Pesquisa; Relatos e Resenhas). São aceitos somente textos inéditos nos seguintes idiomas: Português, Inglês e/ou Espanhol.</p> https://periodicos.ufsm.br/ccomunicacao/article/view/67651 Cultura: conceitos e música pop brasileira 2021-11-08T19:02:05-03:00 Daniel Mendes danmendes.dss@gmail.com Este artigo é o resultado de uma proposta de discussão sobre a cultura pop brasileira na contemporaneidade, especialmente em relação à música pop e os conflitantes regimentos valorativos engendrados quanto a esta expressão. Propomos como contexto de análise as mudanças em relação à noção de música pop no Brasil (desde os anos 50 até o cenário vigente), o que vem gerando as discussões aqui abordadas. Tendo como ponto de partida a discussão sobre o conceito de cultura (EAGLETON, 2003; WILLIAMS, 1979; 2011), retomamos estudos sobre cultura/música pop e popular (FRITH, 1996; MARTÍN-BARBERO, 1997; SOARES, 2015; JANOTTI JR, 2005; 2011; 2015; 2020), assim como pensadores da cultura e da sociedade desde o final do século XIX (MAUSS, 2008) até o contemporâneo (HARAWAY, 2009; CUNHA, 2009), para fundamentar uma noção mais ampla sobre cultura e música pop/popular brasileiras, e assim reconhecer as suas diferentes formas de valor. Buscamos, por fim, tencionar o jornalismo cultural brasileiro em prol da superação de uma <em>resistência</em> entre jornalistas de reconhecer diversas valorações na recente música pop do Brasil. 2022-03-25T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Cadernos de Comunicação https://periodicos.ufsm.br/ccomunicacao/article/view/63554 Cultura digital em página impressa: aceleração, fragmentação e mudanças na Folha Corrida 2021-11-30T07:55:32-03:00 Daniela Borges de Oliveira dani7b.o@gmail.com Belarmino Cesar Guimarães da Costa belarmino.costa@unimep.br O jornalismo na era digital sofre adaptações estéticas e de conteúdo não só na Internet, mas nos meios tradicionais. O artigo observa estratégias da <em>Folha Corrida</em>, do impresso <em>Folha de S.Paulo</em>, para mostrar efeitos da aceleração e fragmentação dos conteúdos. Ao final, destaca que a proposta editorial reforça esses conceitos, porém há contradição na afirmação de que traz resumos de notícias do interior do jornal. 2022-03-25T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Cadernos de Comunicação https://periodicos.ufsm.br/ccomunicacao/article/view/64418 Bixa travesty: articulações transviadas em um filme documentário 2021-08-28T12:24:47-03:00 Vinícius Teófilo da Silva Santos vtssantos@uesc.br Valéria Amim vamim@uesc.br A partir de pesquisa bibliográfica referente aos marcadores sociais da diferença inseridos no documentário <em>Bixa Travesty</em> (2018), buscamos versar acerca da estigmatização de corpos negros transviados, e sobre a utilização do documentário como ferramenta artivista. Para tanto, articularam-se teóricas dos estudos <em>queer </em>com aqueles que abordam as intersecções postas no registro audiovisual. Neste sentido, desvendaram-se potenciais subversivos na articulação de pautas socialmente marginalizadas no interior de uma produção documental brasileira. 2022-03-25T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Cadernos de Comunicação https://periodicos.ufsm.br/ccomunicacao/article/view/65092 Meme como estratégia corporativa: o Twitter da Netflix Brasil 2021-09-05T14:00:26-03:00 Flávia de Almeida Moura flaviaalmeidamoura29@gmail.com Vitor Hugo Guimarães Lindoso hugoguimaraes77@gmail.com <p>Este artigo tem como intuito compreender a utilização de memes como estratégia corporativa no ambiente on-line. Levando em conta a utilização destes na rede social Twitter. Destacando o perfil da Netflix Brasil na plataforma. Buscamos compreender como os memes se incorporam nas estratégias corporativas e como estas fidelizam e atuam no engajamento on-line. Compreender como as interações são dadas nesse ambiente e até onde os memes são responsáveis por tais. Compreender pelo viés da comunicação como a informação é transmitida. Entender como laços e interações são construídos. E após os resultados obtidos, afirmamos que a empresa Netflix Brasil utiliza os memes no Twitter como uma de suas principais estratégias corporativas, usando de sua alta capacidade de engajamento.</p> 2022-03-25T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Cadernos de Comunicação https://periodicos.ufsm.br/ccomunicacao/article/view/65229 Mulheres na assessoria de imprensa: relatos de assédios em Imperatriz (MA) 2021-09-06T10:55:32-03:00 Thaisa Bueno thaisabu@gmail.com Michelly Santos de Carvalho michelly.carvalho@ufma.br Islene Sousa Lima islenejornalista@gmail.com <p>O presente estudo constitui uma pesquisa exploratória realizada com jornalistas de assessorias de comunicação públicas e privadas na segunda maior cidade do Maranhão, Imperatriz. A pesquisa confirmou o que outros estudos sobre o tema já mencionavam que há uma incidência muito elevada de casos de assédios entre jornalistas do sexo feminino. O silêncio e o medo de perder o emprego constitui uma característica recorrente. Pouquíssimas vezes elas denunciam e quando o fazem muitas vezes não são levadas à sério.</p> 2022-03-25T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Cadernos de Comunicação https://periodicos.ufsm.br/ccomunicacao/article/view/65789 Estupro marital ou débito conjugal? Enquadramentos da violência doméstica na telenovela O Outro Lado do Paraíso 2021-11-08T20:09:43-03:00 Danielle Silva Peixoto daniellespeixoto@gmail.com <p align="justify">O objetivo deste artigo é analisar quais os quadros de sentido podem ser apreendidos na telenovela <em>O Outro</em><em> </em><em>Lado do Paraíso</em> a partir da representação da cena de violência sexual. O método de análise da situação interativa foi utilizado para apreensão destes quadros de sentido. Os achados revelam que os elementos propostos para construção da representação da cena de núpcias acionam quadros primários de nossa cultura e configuram, dentro da obra, a situação de violência sexual, conhecida como estupro marital.<strong></strong></p> 2022-04-07T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Cadernos de Comunicação https://periodicos.ufsm.br/ccomunicacao/article/view/66524 Projeto experimental em Relações Públicas e a Design Science Research 2021-07-24T14:12:27-03:00 Tiago Costa Martins tiagomartins@unipampa.edu.br Diuliane Valéria Prado dos Santos diulianesantos.aluno@unipampa.edu.br Tais Righi dos Santos righitais@gmail.com <p>O estudo em questão discute e apresenta o uso da <em>Design Science Research</em> (<em>DSR</em>) como metodologia para o desenvolvimento do projeto experimental em Relações Públicas. Através de pesquisa exploratória, o artigo apresenta o desenvolvimento de dois Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC), propõe um roteiro metodológico e destaca pontos fracos e fortes para o uso da <em>DSR</em> em projetos experimentais de Relações Públicas.</p> 2022-04-07T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Cadernos de Comunicação